Kimberly-Clark planeja venda de ativos no Brasil e América Latina, diz Valor

Compartilhe esta publicação:

Por Gabriel Araujo

Acessibilidade


SÃO PAULO(Reuters) – A Kimberly-Clark planeja vender seus ativos de papel tissue no Brasil e na América Latina, disse o jornal Valor Econômico nesta sexta-feira, acrescentando que a empresa está em negociações com o JPMorgan para reavaliar os negócios na região.

Embora um preço ainda não tenha sido fechado, estimativas de mercado sugerem que os ativos estão avaliados entre 800 milhões de dólares e 1 bilhão, com o Brasil respondendo por cerca de 200 milhões de dólares, segundo o jornal.

A Kimberly-Clark, com sede nos Estados Unidos, é dona de marcas como Kleenex e Neve.

A Suzano, a Softys, da chilena CMPC, a Nine Dragons Paper, a Oji Holdings, a RGE e a J&F Investimentos estão entre as interessadas nos ativos brasileiros da Kimberly-Clark, de acordo com a reportagem, que cita fontes familiarizadas com o assunto.

A Kimberly-Clark e todas as empresas citadas pelo Valor não responderam imediatamente aos pedidos de comentários da Reuters. O JPMorgan não comentou.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

(Por Gabriel Araujo)

Compartilhe esta publicação: