Leilão de energia A-4 contrata 29 projetos de geração, com deságio de 9,36%

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


(Reuters) – O leilão de energia nova “A-4”, realizado nesta sexta-feira, contratou 237,5 megawatts (MW) médios, ao preço médio de 258,16 reais por megawatt-hora, deságio médio de 9,36% em relação ao preço máximo determinado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Ao todo, 29 projetos levaram contratos no certame, somando uma potência total de 948 MW e investimentos da ordem de 7 bilhões de reais.

Segundo informações disponibilizadas pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), compraram energia no certame as distribuidoras Cemig, Coelba, da Neoenergia, e Light.

Entre os vencedores, estão 18 empreendimentos hidrelétricos de pequeno porte (PCHs e CGHs), quatro usinas eólicas, cinco usinas solares e duas termelétricas a biomassa.

Os projetos que conquistaram contratos de energia no leilão deverão iniciar o suprimento em 1º de janeiro de 2026. Os prazos contratuais são diferentes para cada fonte de geração.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

(Por Letícia Fucuchima)

Compartilhe esta publicação: