Minério de ferro sobe com otimismo quanto a apoio do BC da China

Compartilhe esta publicação:

Por Enrico Dela Cruz

Acessibilidade


(Reuters) – Os contratos futuros de minério de ferro e aço da China subiram nesta quinta-feira, depois que o banco central do país disse que tomaria medidas de política monetária para ajudar as empresas atingidas pelo surto de Covid-19 e apoiar uma recuperação no consumo.

Retornando de um intervalo de cinco dias do feriado do Dia do Trabalho, os traders também estavam otimistas que a demanda de reabastecimento permaneceria forte para o ingrediente siderúrgico no maior produtor de aço do mundo.

O contrato de minério de ferro mais negociado para setembro na bolsa de commodities de Dalian da China encerrou as negociações diurnas em alta de 1,9%, a 871,50 iuanes (131,74 dólares) a tonelada. O contrato tocou 881,50 iuanes no início da sessão, o maior nível desde 25 de abril.

O Banco Popular da China prometeu na quarta-feira “não perder tempo planejando ferramentas políticas incrementais para apoiar o crescimento econômico estável, estabilizar o emprego e os preços… para fornecer um ambiente monetário e financeiro justo”.

As observações, sem detalhes, vieram depois que um órgão decisório do Partido Comunista prometeu na semana passada apoiar a economia.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Tais promessas podem funcionar bem para reforçar a confiança, mas analistas dizem que quaisquer ganhos de mercado podem não ser sustentáveis ​​na ausência de planos claros.

A implementação de medidas adicionais de estímulo tornou-se mais urgente em meio às duras restrições contra a Covid-19 na China, disseram analistas.

O vergalhão de aço na Bolsa de Futuros de Xangai subiu 1,2%, enquanto a bobina laminada a quente ganhou 1,3% e o aço inoxidável subiu 1,5%.

O carvão metalúrgico de Dalian caiu 0,2%, enquanto o coque avançou 0,6%.

(Por Enrico Dela Cruz em Manila)

Compartilhe esta publicação: