Petrobras e Vale sobem mais de 4% e impulsionam Ibovespa

Ações da Qualicorp tiveram forte queda de 12,97% .

Vitória Fernandes
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa fechou em alta de 1,25% hoje (11), a 104.396 pontos, impulsionado pela valorização das ações da Petrobras (PETR3 e PETR4) e da Vale (VALE3), que conseguiram segurar o índice mesmo com a pressão trazida pelos dados de inflação dos Estados Unidos e do Brasil.

As empresas do setor de commodities ocuparam as primeiras posições das altas do Ibovespa após o preço do minério de ferro avançar 5% na China. Os papéis da Petrobras registraram avanços de 5,04% e 3,48%, os da PetroRio (PRIO3), de 5,03%, e os ativos da Vale cresceram 4,17%.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O Itaú (ITUB4) também encerrou o dia com valorização de 3,34%, ainda se beneficiando da boa recepção pelo mercado do balanço divulgado na segunda-feira (9).

No lado negativo do índice, as ações da Qualicorp (QUAL3) tiveram forte queda de 12,80% após o lucro líquido da empresa cair 35,3%, para R$ 74 milhões. Os papéis da Hapvida (HAPV3) acompanharam o desempenho negativo e fecharam em queda de 5,97%.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A CVC (CVCB3) reportou prejuízo de R$ 166,8 milhões no trimestre e caiu 5,47%.

No cenário econômico, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) desacelerou no mês passado para 1,06%, ante 1,62% em março, segundo o IBGE. O resultado ficou acima da estimativa do mercado de 1% e foi o mais alto para abril em 26 anos.

Depois da divulgação do indicador, o Ministério da Economia anunciou cortes do imposto de importação de 11 produtos. Aço, milho e trigo são alguns dos itens contemplados.

Nos Estados Unidos, o índice de preços ao consumidor desacelerou em abril. A inflação cresceu 0,3%, ante 1,2% em março, mas veio levemente acima das estimativas de 0,2%.

O relatório mensal do Departamento do Trabalho dos EUA sugere que a inflação pode ter atingido o pico em abril, mas provavelmente permanecerá forte o suficiente para manter o Federal Reserve em uma postura agressiva na política monetária para abrandar o ritmo de alta do custo de vida.

Por lá, os índices reagiram de forma negativa. O Dow Jones perdeu 1,02% a 31.834 pontos; o S&P 500 recuou 1,65%, a 3.935 pontos; e o Nasdaq caiu 3,18% a 11.364 pontos.

O dólar subiu 0,20% nas negociações de hoje, fechando a R$ 5,1441. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: