Powell pode ter recondução ao Fed aprovada pelo Senado dos EUA nesta semana

Compartilhe esta publicação:

(Reuters) – Jerome Powell, indicado pelo presidente norte-americano Joe Biden a um segundo mandato como chefe do banco central dos Estados Unidos, pode obter o aval do Senado dos EUA ainda nesta quarta-feira, de acordo com um cronograma elaborado pelo presidente do Comitê Bancário do Senado, Sherrod Brown.

Acessibilidade


Os parlamentares também devem votar a indicação de outro indicado Biden para o Fed: o reitor do corpo docente da Davidson College, Philip Jefferson. Ele se tornaria apenas o quarto homem negro em toda a história a servir como diretor do banco central dos EUA.

Na terça-feira, a professora de economia da Michigan State University Lisa Cook recebeu a confirmação do Senado como a primeira diretora negra do Fed.

Questionado sobre o status dos votos restantes de confirmação do Conselho do banco central, Brown disse à Reuters que eles podem ocorrer “nesta noite ou amanhã. … Estou confiante de que vamos concluí-los até amanhã.”

Tanto Powell quanto Jefferson têm apoio dos democratas, republicanos e de Biden e devem ter seus nomes aprovados. Powell continua no comando da política monetária dos EUA e lidera a guera do Fed contra a inflação com o que se espera que seja uma série de fortes aumentos na taxa de juros.

Brigas partidárias sobre outros indicados de Biden ao banco central, contudo, seguem arrastadas há meses.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

(Por Ann Saphir)

Compartilhe esta publicação: