Preços ao consumidor nos EUA desaceleram em abril mas inflação ainda é alta

A a alta dos preços deve continuar forte por algum tempo e fazer com que o Fed continue a tentar esfriar a demanda.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Pessoas caminhando no Shopping King of Prussia na Pensilvânia, EUA
REUTERS/Rachel Wisniewski

Preços ao consumidor nos EUA desaceleram em abril mas inflação ainda é alta

Acessibilidade


A alta dos preços ao consumidor nos Estados Unidos desacelerou acentuadamente em abril, à medida que os preços da gasolina recuaram de níveis recordes, sugerindo que a inflação provavelmente atingiu um pico.

No entanto, a alta dos preços deve continuar forte por algum tempo e fazer com que o Federal Reserve continue a tentar esfriar a demanda.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O índice de preços ao consumidor subiu 0,3% no mês passado, taxa mais baixa desde agosto passado, disse o Departamento do Trabalho nesta quarta-feira. Isso contrastou fortemente com o aumento de 1,2% registrado em março, que foi o maior desde setembro de 2005.

Nos 12 meses até abril, os preços ao consumidor aumentaram 8,3%. Embora essa tenha sido a primeira desaceleração do índice anual desde agosto passado, marcou o sétimo mês consecutivo de aumentos superiores a 6%. O índice de preços ao consumidor subiu 8,5% em março nessa base de comparação, o maior alta anual desde dezembro de 1981.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Economistas consultados pela Reuters projetavam avanço de 0,2% em abril e de 8,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Compartilhe esta publicação: