Bilionário príncipe saudita vende R$ 7,3 bilhões em ações da Kingdom Holding

Venda de 16,87% de sua firma de investimentos foi feita ao fundo público soberano da Arábia Saudita

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Príncipe saudita Alwaleed bin Talal

Acessibilidade


O bilionário saudita, príncipe Alwaleed bin Talal, assinou um acordo com o poderoso fundo soberano da Arábia Saudita para vender 16,87% de sua firma de investimentos, Kingdom Holding, ao fundo, afirmou a empresa hoje (22).

O fundo de investimento público da Arábia Saudita (PIF, na sigla em inglês) comprará 625 milhões de ações, por 9,09 riais (US$ 2,42) por ação, afirmou a Kingdom Holding em um documento da bolsa de valores, chegando a um total de 5,68 bilhões de riais (US$ 1,51 bilhão).

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O preço dos papéis no acordo ficou no patamar em que a ação fechou na quinta-feira, o seu menor nível em um ano. Ele recuperou 8,8%, para 9,89 riais, às 05h02 (horário de Brasília) deste domingo.

O príncipe Alwaleed esteve envolvido em uma campanha anticorrupção ordenada pelo príncipe herdeiro em 2018. Ele foi detido por cerca de três meses no Ritz-Carlton de Riyadh, junto com outras dezenas de membros da família real, autoridades seniores e empresários.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em março de 2018, ele afirmou que chegou a um acordo “confidencial e secreto” com o governo saudita. A maioria dos detidos foi liberada após fechar acordos financeiros que renderam pouco mais de 100 bilhões de dólares ao Estado, disse o procurador-geral naquela época, sem dar mais detalhes.

O PIF não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários enviados por e-mail.

Compartilhe esta publicação: