Starbucks anuncia saída da Rússia após 15 anos

Decisão da rede de cafeterias segue outras empresas, como o McDonald's, que também deixaram o país

Vitória Fernandes
Compartilhe esta publicação:
Getty Images/sahinsezerdincer
Getty Images/sahinsezerdincer

Com mais de 130 unidades no país, a maior rede de cafeterias do mundo suspendeu seus serviços por lá no início de março

Acessibilidade


A Starbucks anunciou hoje (23) que irá encerrar as suas operações na Rússia após 15 anos. A movimentação, que segue os passos do McDonald’s, é uma resposta à guerra na Ucrânia.

Com mais de 130 unidades no país, a maior rede de cafeterias do mundo suspendeu seus serviços por lá no início de março.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Com a nova medida, desta vez definitiva, a Starbucks informou que irá continuar pagando os quase 2 mil funcionários pelos próximos seis meses. Além disso, a empresa disse que irá auxiliar os colaboradores na procura por novos empregos.

O impacto financeiro que a empresa deverá sofrer com a medida não foi divulgado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

McDonald’s

O gigante de fast food McDonald’s afirmou, na última segunda-feira (16), que está tentando vender seus negócios russos e deixar o mercado inteiramente. A saída marcante da rede que simboliza o capitalismo americano acontece após mais de três décadas de negócio.

A companhia estima um custo de até US$ 1,4 bilhão para amortizar o investimento líquido no mercado.

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: