Vagas de trabalho em aberto nos EUA atingem marca recorde de 11,5 milhões em março

Os postos de trabalho em aberto, uma medida da demanda por mão de obra, aumentaram em 205 mil.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Brian Snyder/Reuters
Brian Snyder/Reuters

Pessoa deixa feira de empregos realizada no aeroporto de Logan em Boston, EUA

Acessibilidade


As vagas de emprego disponíveis nos Estados Unidos aumentaram para um patamar recorde em março, em meio à persistência da escassez de trabalhadores, sugerindo que os empregadores podem continuar a aumentar os salários, o que colaboraria para a manutenção da inflação desconfortavelmente alta.

Os postos de trabalho em aberto, uma medida da demanda por mão de obra, aumentaram em 205 mil, para 11,5 milhões até o último dia de março, disse o Departamento do Trabalho em seu relatório mensal Jolts hoje (3).

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O segundo aumento mensal consecutivo elevou as vagas em aberto ao nível mais alto desde o início da série iniciada em 2000. Economistas consultados pela Reuters previam leitura de 11 milhões de vagas disponíveis.

Os dados do Jolts estão sendo observados de perto por autoridades do Federal Reserve, que têm adotado uma postura agressiva de política monetária conforme enfrentam uma inflação vertiginosa, com os preços anuais ao consumidor subindo a taxas vistas pela última vez há 40 anos.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Espera-se que o Fed suba os juros em 0,5 ponto percentual na quarta-feira e em breve comece a reduzir suas participações em ativos. O banco central dos EUA elevou sua taxa básica em 0,25 ponto em março.

(Por Lucia Mutikani)

Compartilhe esta publicação: