Vendas no varejo dos EUA aumentam com força em abril

Resultado é reflexo dos consumidores comparem mais veículos motorizados e frequentarem mais restaurantes

Reuters
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/ Mark Makela
REUTERS/ Mark Makela

Vendas no varejo norte-americano aumentaram 0,9% no abril

Acessibilidade


As vendas no varejo dos Estados Unidos aumentaram com força em abril uma vez que os consumidores compraram veículos motorizados em meio a uma melhoria na oferta e frequentaram restaurantes, sem mostrar sinais de redução da demanda apesar da inflação alta.

As vendas no varejo cresceram 0,9% no mês passado, informou o Departamento de Comércio hoje (17). Os dados de março foram revisados para mostrar avanço de 1,4% das vendas ao invés de 0,7%, como informado anteriormente.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Economistas consultados pela Reuters projetavam aceleração de 0,9% das vendas, com as estimativas variando de 0,2% a 2,0%. O aumento do mês passado reflete tanto a forte demanda quanto os preços mais altos.

As vendas no varejo são em sua maioria de bens e não são ajustadas pela inflação, que parece ter atingido seu pico em abril. Os bares e restaurantes são a única categoria de serviços no relatório.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

De acordo com o Bank of America, os gastos agregados com cartões de crédito e débito aumentaram 13% no mês de abril em relação ao ano anterior. O banco observou que, embora a inflação não esteja levando a gastos maiores, está “claro que a força do consumidor vai além disso”. A inflação dos preços ao consumidor chegou a 8,3% em abril na base anual.

Compartilhe esta publicação: