Wall Street sobe com alta de ações de crescimento após dois dias de vendas

Compartilhe esta publicação:

Por Amruta Khandekar e Devik Jain

Acessibilidade


(Reuters) – Os principais índices de ações dos Estados Unidos subiam nesta sexta-feira, liderados por papéis de crescimento de megacapitalização e de saúde, ao final de uma semana volátil abalada por preocupações sobre o impacto da inflação nos resultados corporativos e as consequências de aumentos de juros sobre o crescimento econômico.

Nove dos 11 principais setores do S&P avançavam nas negociações da manhã. As ações de energia tinham o melhor desempenho, com alta de 2,2%, seguidas pelos setores de saúde e tecnologia.

Microsoft Corp, Amazon.com e Apple Inc, avançavam entre 1,5% e 1,8%, proporcionando o maior impulso para o S&P 500 e o Nasdaq.

“Alguns operadores estão aproveitando a fraqueza dos preços, pelo menos no curto prazo, para ganhar algum dinheiro. A verdadeira questão é se isso vai durar até o final do dia”, disse Sam Stovall, estrategista-chefe de investimentos da CFRA Research.

“Definitivamente vai ser uma batalha de operadores hoje. O mercado está tentando orquestrar pelo menos um rali de alívio de curto prazo, o que é normal dentro das tendências do ‘bear market’.”

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O S&P 500 e o Nasdaq estão em sua sétima semana consecutiva de baixa, sua mais longa sequência de perdas semanais desde o fim da bolha da Internet. O Dow está a caminho de seu oitavo declínio semanal consecutivo, mais longa sequência do tipo desde 1932, durante a Grande Depressão.

Às 11:35 (de Brasília), o índice S&P 500 ganhava 0,26%, a 3.910,80 pontos, enquanto o Dow Jones caía 0,04%, a 31.242,11 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 0,28%, a 11.420,14 pontos.

Compartilhe esta publicação: