Yellen diz que lei nos EUA não permite confisco de ativos do BC russo

Compartilhe esta publicação:

Por David Lawder

Acessibilidade


BONN, Alemanha (Reuters) – A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, disse nesta quarta-feira que não seria legal os Estados Unidos confiscarem ativos congelados do banco central da Rússia para ajudar a reconstruir a Ucrânia após o término da invasão russa.

Yellen disse a repórteres antes de uma reunião dos ministros das Finanças do G7 em Bonn, na Alemanha, que os Estados Unidos e seus aliados bloquearam cerca de 300 bilhões de dólares em ativos do banco central da Rússia.

As discussões estão apenas começando entre os aliados ocidentais sobre como financiar a reconstrução de longo prazo da Ucrânia e se esses ativos russos congelados podem desempenhar um papel.

“Acho muito natural que, considerando a enorme destruição na Ucrânia e os enormes custos de reconstrução que eles enfrentarão, contemos com a ajuda da Rússia para pagar pelo menos uma parte do preço envolvido”, disse Yellen.

“Dito isso, enquanto estamos começando a analisar isso, não seria legal agora nos Estados Unidos que o governo confiscasse esses” ativos. “Não é algo legalmente permitido nos Estados Unidos.”

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: