Ações europeias caem após dados econômicos fracos alimentarem preocupações com crescimento

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


Por Susan Mathew

(Reuters) – As ações europeias caíram nesta quarta-feira quando dados apontando vendas fracas no varejo da Alemanha e a desaceleração da atividade industrial na zona do euro intensificaram preocupações com o crescimento econômico em meio a uma inflação recorde. O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 1,04%, a 438,72 pontos, depois de ter chegado a subir 0,4% no início das negociações.

O índice de referência perdeu 1,6% em maio, pois o aumento da inflação alimentou preocupações com uma ação agressiva do banco central. As vendas no varejo alemão caíram 5,4% em abril, mais do que o esperado, enquanto o crescimento da indústria na zona do euro desacelerou no mês passado. “Os movimentos de preços que vimos esta semana nas ações são muito indicativos da incerteza geral dos mercados no momento”, disse Stuart Cole, macroeconomista chefe da Equiti Capital. O STOXX 600 marcou perdas em todos os meses deste ano, exceto em março, com investidores também preocupados com a inflação elevada, o aperto da política monetária do banco central e as consequências do conflito entre Rússia e Ucrânia.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,98%, a 7.532,95 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,33%, a 14.340,47 pontos.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,77%, a 6.418,89 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,90%, a 24.283,56 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,18%, a 8.747,20 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,42%, a 6.231,15 pontos.

((Tradução Redação Brasília)) REUTERS VB IV

Compartilhe esta publicação: