Confiança do consumidor no Brasil avança em junho, mostra FGV

Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da FGV teve alta de 3,5 pontos neste mês

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Vendedora usa máscara e proteção facial em loja do Rio de Janeiro, RJ
REUTERS/Ricardo Moraes

Vendedora usa máscara e proteção facial em loja do Rio de Janeiro, RJ

Acessibilidade


A confiança dos consumidores brasileiros avançou em junho para o melhor nível desde meados do ano passado com melhora tanto da percepção sobre o momento atual quanto do futuro, segundo dados divulgados hoje (24) pela Fundação Getúlio Vargas.

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da FGV teve alta de 3,5 pontos em junho e foi a 79,0 pontos, marcando o melhor resultado desde a leitura de 81,8 vista em agosto de 2021.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

No entanto, a coordenadora das sondagens, Viviane Seda Bittencourt, destacou sinais de muita heterogeneidade na percepção do consumidor.

“Mesmo considerando o pacote de incentivos financeiros, a avaliação sobre a situação no momento pelos consumidores com baixa renda continua piorando enquanto suas perspectivas sobre os próximos meses continuam bastante voláteis, revelando elevada incerteza”, disse ela em nota.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Já consumidores com renda mais alta percebem melhora da situação financeira e, pelo segundo mês, elevam suas intenções de compras, possivelmente efeito do estímulo dado pelo governo”, completou.

Em junho, o Índice de Situação Atual (ISA) avançou 1,3 ponto, para 70,4 pontos, melhor resultado desde julho de 2021. O Índice de Expectativas (IE), por sua vez, avançou 4,9 pontos e chegou aos 85,9 pontos.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: