CVC diz que avalia follow-on, e ações caem na bolsa

A oferta teria como motivadores a gradual recuperação do setor de turismo nos últimos meses

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Manusapon Kasosod/Getty Images
Manusapon Kasosod/Getty Images

A empresa reiterou que a realização da oferta ainda não foi aprovada

Acessibilidade


A CVC disse hoje (9) que avalia a realização de uma oferta subsequente primária de ações e que engajou Citi e Bank of America para a potencial operação, segundo fato relevante ao mercado.

As ações do grupo de turismo caíam cerca de 3,8% em São Paulo, a R$ 9,69 cada, e estavam entre as principais quedas do Ibovespa, que, por sua vez, cedia 0,69% por volta de 10h40.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A oferta teria como motivadores a gradual recuperação do setor de turismo nos últimos meses, com consequente aumento da procura por viagens de lazer e corporativas, segundo a CVC.

A CVC disse que avalia fontes de capital disponíveis e seus custos para dar suporte ao crescimento das operações.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A empresa reiterou que a realização da oferta ainda não foi aprovada e que sua execução depende de fatores incluindo condição favorável do mercado de capitais.

O grupo de turismo registrou em maio sua melhor performance mensal de reservas confirmadas desde janeiro de 2020, segundo números preliminares divulgados pela companhia nesta semana. Em março, o presidente da CVC, Leonel Neto, afirmou a analistas que a companhia preparava um forte plano de crescimento, com uma abertura “massiva” de lojas e aumento de investimento em marketing.

A companhia, que viu suas reservas despencarem no auge da pandemia, diante das restrições impostas às viagens, realizou dois aumentos de capital via subscrição privada recentemente, um em 2020 e outro em 2021.

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: