Dólar à vista fecha em alta de 0,43%, a R$5,1341 na venda

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


SÃO PAULO (Reuters) – O dólar avançou pelo sétimo pregão seguido e renovou máxima em um mês contra o real nesta terça-feira, acompanhando o salto da moeda norte-americana no exterior para os maiores patamares em duas décadas, um dia antes de o que pode vir a ser o maior aumento de juros nos Estados Unidos em 28 anos.

A moeda norte-americana à vista avançou 0,43%, a 5,1341 reais, maior patamar para encerramento desde 12 de maio(5,1424), depois de oscilar entre 5,0868 reais na cotação mínima (-0,49%) e 5,1525 reais na máxima da sessão (+0,79%).

Com esse desempenho, a divisa norte-americana reduziu as perdas acumuladas no ano para 7,9%, ficando 11,4% acima da mínima para fechamento de 2022, de 4,6075 reais, atingida no início de abril.

Na B3, às 17:05 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,21%, a 5,1550 reais.

(Por Luana Maria Benedito)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: