Economia da China ainda enfrenta pressão negativa, diz gabinete

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


PEQUIM (Reuters) – A pressão negativa sobre a economia da China ainda é marcante, disse o gabinete do país em comunicado segundo a mídia estatal nesta quarta-feira.

O gabinete reiterou que a China se esforçará para alcançar um crescimento econômico razoável no segundo trimestre, disse a mídia estatal após reunião regular.

Acrescentou ainda que a maioria das localidades agiu para estabilizar o crescimento em linha com suas medidas, o que, segundo o comunicado, aumentou o número de fatores positivos na economia e a confiança do mercado.

O gabinete disse ter enviado equipes de inspeção a 12 províncias para garantir que suas medidas, recentemente reveladas, estivessem sendo implementadas.

(Reportagem de Kevin Yao)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: