Empresa de criptomoedas Harmony é atingida por roubo de US$ 100 milhões

A empresa disse que o roubo atingiu sua "ponte" Horizon, uma ferramenta de transferência de criptomoedas entre diferentes blockchains

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Dado Ruvic/Reuters
Dado Ruvic/Reuters

Mais de US$ 1 bilhão foi roubado de pontes de blockchain até agora em 2022

Acessibilidade


A empresa de criptomoedas norte-americana Harmony disse hoje (24) que ladrões roubaram cerca de US$ 100 milhões em moedas digitais de um de seus principais produtos, o mais recente de uma série de desfalques digitais em um setor há muito visado por hackers.

A Harmony desenvolve blockchains para as chamadas finanças descentralizadas – sites peer-to-peer que oferecem empréstimos e outros serviços não regulado – e tokens não fungíveis (NFTs).

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A empresa disse que o roubo atingiu sua “ponte” Horizon, uma ferramenta de transferência de criptomoedas entre diferentes blockchains – infraestrutura básica usada por criptomoedas como bitcoin e ether.

Os roubos há muito atormentam as empresas do setor de criptomoedas. Mais de US$ 1 bilhão foi roubado de pontes de blockchain até agora em 2022, de acordo com a empresa britânica de análise do mercado de moedas digitais Elliptic.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Harmony escreveu no Twitter que está “trabalhando com autoridades nacionais e especialistas forenses para identificar o culpado e recuperar os fundos roubados”. A empresa não deu mais informações.

A Elliptic, que rastreia dados de blockchain visíveis publicamente, disse que hackers roubaram várias criptomoedas diferentes da Harmony, incluindo ether, tether e USD Coin, que mais tarde trocaram por ether usando as chamadas “exchanges descentralizadas”.

Em março, hackers roubaram cerca de US$ 615 milhões em criptomoedas da Ronin Bridge, usada para transferir criptomoedas dentro e fora do jogo Axie Infinity. Os Estados Unidos disseram que hackers norte-coreanos foram responsáveis pelo ataque, um dos maiores já registrados.

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: