Eneva fecha aquisição de termelétrica a gás da Enel em Fortaleza

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


SÃO PAULO (Reuters) – A Eneva anunciou nesta sexta-feira que fechou acordo para aquisição da usina termelétrica Termofortaleza, de propriedade da Enel Brasil, reforçando sua estratégia de ampliação do portfólio de ativos após a compra da Celse, divulgada há uma semana.

A operação com a Enel envolve a aquisição de 100% das ações da Termofortaleza e considera um enterprise value de 431,6 milhões de reais, com data base de 31 de março de 2022. O negócio também prevê pagamentos contingentes de até 97 milhões de reais por recontratação futura da planta.

Localizada em Caucaia (CE), a Termofortaleza é movida a gás natural e tem capacidade instalada de 327 megawatts (MW). O empreendimento tem sua energia vendida no mercado regulado, com a distribuidora do Ceará, em contratos com vigência até 2023.

Em 2021, a Termofortaleza registrou receita operacional líquida de 1,7 bilhão de reais e Ebitda de 580 milhões de reais, informou a Eneva.

O anúncio ocorre uma semana depois de a Eneva ter divulgado a compra da Celse, uma das maiores usinas termelétricas a gás em operação na América Latina, por 6,1 bilhões de reais, em uma transação que a posicionou para criar um “hub” de gás na costa do Nordeste.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Já a Enel Brasil limpa seu parque gerador de fontes poluentes a partir do desinvestimento da térmica, em linha com os compromissos globais assumidos pelo grupo italiano de se tornar “net zero”, eliminando emissões líquidas de carbono, até 2040.

(Por Letícia Fucuchima)

Compartilhe esta publicação: