Fundadores do Airbnb venderam mais de US$ 1 bilhão em ações em 2021

O movimento continuou em 2022 apesar da queda dos papéis, que cederam 50% desde novembro do ano passado

Rachel Sandler
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Nathan Blecharczyk (esq.), Brian Chesky e Joe Gebbia (dir.) cofundaram o Airbnb em 2008

Acessibilidade


As ações do Airbnb passaram por uma montanha-russa desde que a empresa de aluguel de casas estreou no mercado acionário em dezembro de 2020. As ações subiram no segundo semestre do ano passado, chegando a pouco mais de US$ 207 (R$ 1 mil) em novembro. Agora, elas estão sendo negociadas com um desconto de 50%, após um declínio generalizado do mercado acionário norte-americano. Apesar disso, um dos três cofundadores bilionários do Airbnb continuou a vender ações mensalmente.

Desde 15 de junho de 2021, Joe Gebbia, chefe do braço sem fins lucrativos do Airbnb, vendeu 5 milhões de ações no valor total de US$ 713 milhões (R$ 3,7 bilhões). Ele vem vendendo a uma taxa de 200 mil a 700 mil ações por mês, desfazendo-se de 8% de sua participação na empresa. Após os impostos, a Forbes estima que Gebbia levou para casa pelo menos US$ 450 milhões (R$ 2,3 bilhões).

De acordo com os registros da SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos), essas transações faziam parte de um plano de negociação predeterminado.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A única exceção foi março deste ano, quando Gebbia vendeu 1,4 milhão de ações por um valor total bruto de US$ 215 milhões (R$ 1,1 bilhão). Não está claro se seu plano de negociação foi modificado ou se ele criou um plano novo. A SEC propôs regras de divulgação mais rígidas sobre planos de negociação predeterminados em dezembro do ano passado, mas ainda precisa aprová-los.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Apesar desse desvio, parece que ele está seguindo essa estratégia de vendas mensais”, diz Daniel Taylor, professor de contabilidade da Wharton School, da Universidade da Pensilvânia. “Sobre a venda de US$ 200 milhões (R$ 1 bilhão), não sabemos se essa era sua intenção quando ele assinou o plano ou se foi uma mudança de última hora.”

O cofundador Nathan Blecharczyk, diretor de estratégia do Airbnb, vendeu US$ 482 milhões (R$ 2,2 bilhões) em ações da empresa no segundo semestre de 2021 – cerca de 3,5% de sua participação – também como parte de um plano de negociação predeterminado.

Entre as vendas de Gebbia e Blecharczyk, os dois bilionários descarregaram US$ 1,2 bilhão (R$ 6,3 bilhões) em ações desde meados de junho de 2021, segundo documentos da SEC. Mas, ao contrário de Gebbia, Blecharczyk não vendeu nenhuma ação até agora este ano.

Após as vendas, Gebbia detém 9% da empresa, e Blecharczyk detém 10%, mas cada um controla mais de 20% dos direitos de voto da empresa, de acordo com a declaração de procuração do Airbnb em abril. A Forbes estima a fortuna de Gebbia em US$ 6,5 bilhões (R$ 34,1 bilhões) e a de Blecharczyk em US$ 6,2 bilhões (R$ 32,5 bilhões), segundo dados de 24 de junho.

Em contraste com os movimentos de Gebbia e Blecharczyk, o terceiro cofundador do Airbnb, o CEO Brian Chesky, não vendeu uma ação sequer no ano passado. Chesky vendeu pela última vez US$ 30 milhões (R$ 157,5 milhões) em ações no IPO. Chesky, que detém 11% do Airbnb, detém cerca de US$ 8,2 bilhões (R$ 43 milhões).

Um porta-voz do Airbnb não respondeu a um pedido de comentário da Forbes sobre as vendas de ações. Embora não esteja claro por que Gebbia e Blecharczyk estão vendendo tantos papéis, ambos investiram em algumas startups recentemente.

Mantendo suas raízes no Airbnb, Blecharczyk é um investidor na Swimply, uma startup que permite que os usuários listem suas piscinas para aluguel por hora. De acordo com o Pitchbook, Gebbia é patrocinadora do Studio, que oferece aulas online do cantor Charlie Puth e do grupo a cappella Pentatonix (que também é apoiado pelo fundador da Quibi, Jeffrery Katzenberg), além da marca de roupas masculinas Vollabek.

Gebbia também pode ter usado parte do dinheiro para comprar uma participação minoritária no San Antonio Spurs, da NBA, em janeiro. O porta-voz da equipe não comentou a participação de Gebbia.

Nem Gebbia nem Blecharczyk têm fundações para sua filantropia, embora ambos tenham assinado o Giving Pledge, uma promessa de doar a maior parte de sua fortuna para causas de caridade. Em março, todos os três fundadores do Airbnb fizeram doações de até US$ 10 milhões (R$ 52,5 bilhões) para apoiar refugiados da Ucrânia.

Em maio, Gebbia disse que daria a cada formando em sua antiga escola 22 ações do Airbnb durante seu discurso de formatura. Ele também prometeu US$ 700 mil (R$ 3,6 milhões) para ajudar a impulsionar o departamento de artes da escola e a equipe de cross country. Em junho de 2021, doou US$ 5 milhões (R$ 26,2 milhões) para o braço sem fins lucrativos do Airbnb, o Airbnb.org.

Embora o preço das ações do Airbnb tenha caído nos últimos meses, seus negócios subjacentes melhoraram desde a demissão de quase 2 mil pessoas em maio de 2020. No mês passado, a empresa disse que as reservas no site superaram os níveis pré-pandemia.

A empresa registrou um prejuízo líquido de US$ 352 milhões (R$ 1,8 bilhão) em 2021 sobre receitas de quase US$ 6 bilhões (R$ 31,5 bilhões) no mesmo ano. No primeiro trimestre de 2022, a receita cresceu para US$ 1,5 bilhão (R$ 7,8 bilhões) – um salto anual de 40% – e o prejuízo líquido encolheu para cerca de US$ 19 milhões (R$ 99,7 milhões), abaixo do US$ 1,17 bilhão (R$ 6,1 bilhões) no trimestre do ano anterior.

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: