Gopinath, do FMI, vê risco de desancoragem em expectativas de inflação nos EUA

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


NOVA YORK (Reuters) – A inflação nos Estados Unidos pode permanecer acima das metas do Federal Reserve por um longo tempo com base nas projeções atuais, e existe o risco de as expectativas para a alta dos preços “desancorarem”, disse nesta quarta-feira a primeira vice-diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Gita Gopinath.

Com base nas estimativas atuais de qual pode ser a trajetória da taxa de juros, a inflação ficará acima da meta de 2% do Fed “por um longo tempo”, disse Gopinath em evento online organizado pelo Financial Times.

“Esse é um ambiente ao qual não estamos acostumados, você pode ficar sob risco de que expectativas de inflação deles desancorem”, disse ela.

Gopinath citou um caminho “incrivelmente estreito” que permitiria que o aperto nos mercados de bens e trabalho se desfizesse sem que as taxas subissem muito mais.

No entanto, ela disse que, “no geral, os riscos são para a possibilidade de que isso exigirá aumentos muito mais acentuados nos juros”.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O Fed elevou os custos dos empréstimos duas vezes neste ano e aumentos de 50 pontos básicos estão precificados tanto para a reunião da próxima semana quanto para a seguinte, em julho.

A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, disse separadamente nesta quarta-feira que a atual taxa de inflação anual de 8% é “inaceitável” para os Estados Unidos e que 2% é uma “meta apropriada”.

(Reportagem de Rodrigo Campos)

Compartilhe esta publicação: