Ibovespa abre em alta e busca recuperar os 100 mil pontos

Acompanhando as Bolsas americanas e europeias, o Ibovespa sinaliza dia de recuperação dos 100 mil pontos.

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


A Bolsa brasileira abriu em alta hoje (27), acompanhando os futuros de Nova York e as Bolsas europeias. O Ibovespa saiu dos leilões subindo 0,77% a 99.434 pontos.

A semana começa com certo alívio depois de a China divulgar que não houve novos casos de Covid-19 em Xangai, ampliando as restrições na cidade a partir de ontem (26). O otimismo dominou as Bolsas asiáticas, que fecharam com fortes altas:

Em Tóquio, o Nikkei subiu 1,43% e, em Hong Kong, o Hang Seng avançou 2,35%. Em Seul, o Kospi fechou com ganhos de 1,49% e, em Taiwan, o Taiex subiu 1,60%. Na China Continental, o Xangai fechou com alta de 0,88% e o Shenzhen, +1,11%.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Além disso, os contratos futuros de minério de ferro atingiram máximas de uma semana nas bolsas de Dalian e Cingapura, apoiados pela esperança de que as siderúrgicas chinesas reiniciem dezenas de altos-fornos que haviam ficado ociosos devido à queda nas margens e à fraca demanda para reabastecer estoques.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O minério de ferro na bolsa de commodities de Dalian fechou em alta de 4%, a US$ 115,92 dólares, enquanto na Bolsa de Cingapura, a alta foi de 5,7%, para US$ 120,60.

Investidores também acompanham nesta segunda o encontro das autoridades monetárias mundiais, entre eles Jerome Powell (dos EUA) e Christine Lagarde (da União Europeia), em evento organizado pelo BCE (Banco Central Europeu) para tratar dos desafios da inflação global, aumento dos juros e desaceleração que assolam os países.

Por volta das 9h30 (Horário de Brasília), as Bolsas europeias operavam mistas. Em Londres a alta era de +0,60%, em Frankfurt, +0,59%, em Paris o índice caía 0,21%; em Madrid, –0,14% e o Stoxx 600, +0,48%.

Já os futuros de Nova York mantinham a alta no mesmo horário. O Dow Jones subia 0,22%, o S&P 500 tinha alta de 0,33% e o Nasdaq ganhava 0,44%.

O radar internacional também acompanha os desdobramentos do que poderá ser o primeiro calote internacional da Rússia em mais de 100 anos. O prazo final para o pagamento de US$ 100 milhões em títulos soberanos terminou na noite de ontem, isso após 30 dias de período de carência, e o país de Vladimir Putin não honrou o débito.

Com as sanções econômicas que limitam a entrada de moeda estrangeira e a Rússia fora do sistema de pagamentos internacionais, os ativos estão intocáveis. O Kremlin, que tem o dinheiro para fazer os pagamentos graças às receitas de petróleo e gás, rapidamente rejeitou as afirmações de calote e acusou o Ocidente de conduzir o país a um default artificial.
Os líderes do G7, presidentes das maiores economias do mundo, se comprometeram a fornecer apoio indefinido à Ucrânia para sua defesa contra a invasão da Rússia. Eles também avaliam a possibilidade de usar receitas de tarifas sobre importações da Rússia para apoiar os ucranianos.

Cenário interno

Por aqui, a alta do Ibovespa acompanha as bolsas internacionais, mas o cenário interno continua a pressionar as movimentações em Bolsa.

O relator da PEC dos Combustíveis, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), deve entregar seu relatório na tarde de hoje. Segundo ele, o texto incluirá um aumento de R$ 200 no valor do Auxílio Brasil, para o benefício chegar a R$ 600; um reajuste do auxílio-gás para chegar a R$ 70,00; e a criação do “voucher caminhoneiro”, que será de R$ 1.000 para 680 mil motoristas.

Todas as iniciativas valerão até o final de 2022 e somam R$ 34,8 bilhões em custos aos cofres públicos fora do teto de gastos.

No campo corporativo, o conselho de administração da Petrobras (PETR3 e PETR4) se reúne nesta segunda, de forma extraordinária, para deliberar sobre a nomeação de Caio Mário Paes de Andrade como conselheiro da empresa e presidente da estatal.

O dólar registra leve alta hoje pela manhã, de 0,12% às 10h10 (horário de Brasília), sendo negociado a R$ 5,2591 na venda.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: