Ibovespa cai abaixo de 100 mil pontos com medo de recessão; Petrobras desaba

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


SÃO PAULO (Reuters) – O Ibovespa fechou em forte queda nesta sexta-feira, voltando aos níveis de novembro de 2020, com os temores de recessão global derrubando commodities, enquanto Petrobras desabou cerca de 7% também refletindo risco político após anunciar reajuste nos preços de combustíveis.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 2,84%, a 99.887,29 pontos, de acordo com dados preliminares, menor patamar desde o começo de novembro de 2020. No pior momento, chegou a 98.401,73 pontos (-4,28%). O volume financeiro somava 31 bilhões de reais.

Com tal desempenho, o Ibovespa acumulou declínio de 5,3% na semana.

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

(Por Paula Arend Laier)

Compartilhe esta publicação: