Ibovespa fecha estável com risco fiscal no radar dos investidores

Dólar sobe 1,64% e atinge R$ 4,87

Vitória Fernandes
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa fechou próxima a estabilidade, com leve queda de 0,11% hoje (7), a 110.069 pontos, em um pregão marcado pela apreensão dos investidores em torno da proposta do presidente Jair Bolsonaro de zerar o ICMS dos combustíveis.

A declaração aumentou as preocupações dos investidores com o risco fiscal, além de interferir na cotação do dólar, que chegou a subir 2,4% durante as negociações. A moeda fechou em alta de 1,64%, cotada a R$ 4,8742.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

No cenário internacional, o Banco Mundial reduziu sua previsão de crescimento global em 1,2 ponto percentual, para 2,9% em 2022, e alertou que a invasão da Ucrânia pela Rússia agravou os danos da pandemia de Covid-19, o que fará com que muitos países provavelmente entrem em recessão.

O presidente da instituição, David Malpass, afirmou que o crescimento global atualmente é prejudicado pela guerra, novas medidas de combate ao coronavírus na China, interrupções na cadeia de suprimentos e o risco de estagflação – nome dado a um período de crescimento fraco e alta inflação, visto pela última vez na década de 1970.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Apesar da notícia negativa, a flexibilização dos mercados chineses parece estar cada vez mais avançada, o que favoreceu ações de mineradoras como Vale (VALE3) e CSN (CSNA3), que fecharam o dia em alta de 2,37% e 0,95%.

Os papéis da Petrobras (PETR3 e PETR4) também encerraram o pregão com valorização de 0,41% e 1,29% após o preço do petróleo mostrar recuperação.

A notícia da conclusão da compra do Big pelo Carrefour (CRFB3) também movimentou o mercado e fez com que as ações da varejista ganhassem 0,38% no dia. Os papéis do Assaí (ASAI3) subiram 1,75% e os do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) perderam 1,06%.

Do lado negativo do Ibovespa, a Cielo (CIEL3) ficou com o posto de maior queda do dia, recuando 4,28%. As ações da Positivo (POSI3) também fecharam no vermelho, com queda de 4,19%, ainda sentindo os efeitos dos juros altos.

O Banco Pan (BPAN4) e o Banco Inter (BIDI11) fecharam em baixa de 3,52% e 3,08%.

Nos Estados Unidos, a secretária do Tesouro norte-americano, Janet Yellen, disse hoje que o país enfrenta “níveis inaceitáveis de inflação” e que uma postura orçamentária apropriada é necessária para ajudar a atenuar as pressões de preços sem prejudicar a economia.

Por lá, os principais índices de Wall Street fecharam em alta. O Dow Jones ganhou 0,80% a 33.180 pontos; o S&P 500 avançou 0,95%, a 4.160 pontos; e o Nasdaq subiu 0,94% a 12.175 pontos. (Com Reuters)

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: