Ibovespa recua na abertura seguindo as Bolsas internacionais

Inflação e altas dos juros seguem no radar; dólar comercial avança 1,76%

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa iniciou a sessão de hoje (7) em queda de 0,56%, aos 109.567 pontos, às 10h22 (horário de Brasília). O principal índice da Bolsa brasileira segue o mercado europeu e os índices futuros de Wall Street, que também operam no vermelho.

A agenda do dia conta com poucos indicadores econômicos, com investidores atentos aos temores de novos lockdowns na China, além dos indicadores de inflação e altas dos juros que seguem no radar.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Na zona do euro, a confiança dos investidores subiu mais do que o esperado em junho, sendo o primeiro aumento após a invasão russa da Ucrânia, já que muitas empresas ainda não sentiram tanto impacto da inflação e dos gargalos de fornecimento quanto temiam.

O índice Sentix subiu para -15,8 pontos em junho de -22,6 em maio, que tinha sido o valor mais fraco desde junho de 2020. “Por mais impressionante que a melhora da situação e os valores das expectativas possam parecer à primeira vista, é pouco provável que isso marque uma reviravolta”, disse Manfred Huebner, diretor administrativo da Sentix.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

No Reino Unido, o índice de gerente de compras (PMI) de serviços cresceu para 53,4 no mês de maio. Em abril, o indicador registrou 51,8.

Por lá, o FTSE 100 tem desvalorização de 0,37%; Stoxx 600 perde 0,77%; na Alemanha, o DAX cai 1,23%; o CAC 40 em baixa de 1,27% na França; na Itália, o FTSE MIB perde 1,19%.

Já nos Estados Unidos, o déficit comercial diminuiu com força em abril uma vez que as importações recuaram, sugerindo que o comércio pode contribuir para o crescimento econômico neste trimestre pela primeira vez em dois anos.

Os índices futuros recuam, com foco nos dados da inflação ao consumidor, que sairão na próxima sexta-feira (10). Dow Jones futuro cai 0,84%; S&P 500 e Nasdaq perdem 1,00% e 1,32%, respectivamente. O dólar avança 1,76%, a R$ 4,87.

Na Ásia, as ações chinesas fecharam em alta, ajudadas por ganhos nas ações dos consumidores diante da esperança de recuperação da demanda, já que Pequim aliviou ainda mais as restrições de combate à Covid-19, enquanto os investidores realizaram lucros em algumas ações que haviam se recuperado acentuadamente nas últimas sessões.

Xangai teve alta de 0,17%, enquanto o Shenzhen perdeu 0,05%. Em Hong Kong, o Hang Seng perdeu 0,56%. Em Taiwan, o Taiex recuou 0,56% e, em Seul, o Kospi fechou em baixa de 1,66%. Já em Tóquio, o Nikkei ganhou 0,10%. (Com Reuters)

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: