Ibovespa volta a cair, mas segura os 100 mil pontos

Principal índice brasileiro acompanhou as perdas de Wall Street, que enfrenta temores de recessão nos EUA e avanço da inflação.

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa abriu em alta de 1%, mas não conseguiu manter os ganhos e virou para queda na esteira das perdas de Wall Street. A Bolsa brasileira fechou com recuo de 0,17%, aos 100.591 pontos depois de atingir 102.237 pontos na máxima intradia.

As bolsas de Wall Street operaram no negativo após novos indicadores reforçarem os problemas que a economia norte-americana enfrenta. Hoje (28), o Conference Board divulgou que o índice de confiança do consumidor atingiu a sua mínima de 16 meses em junho, 98,7 – uma perda de 4,5 pontos em um mês.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Preocupações com a inflação alta pesam sobre os consumidores, que esperam um crescimento econômico menor no segundo semestre do ano.

Somou-se a isso declarações dos dirigentes do Federal Reserve (banco central dos EUA) reforçando a perspectiva de política monetária restritiva, com novos aumentos nos juros entre 0,5 e 0,75 pontos-base no próximo encontro do comitê.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Os índices em Nova York prolongaram as perdas do dia anterior, que foram mais amenas. Hoje, as quedas foram superiores a 1%: o Dow Jones recuou 1,56%, a 30.947,78 pontos; o S&P 500 perdeu 2,01%, a 3.821,74 pontos; e o Nasdaq caiu 2,98%, a 11.181,54 pontos.

O Ibovespa não registrou perdas tão grandes graças às ações das commodities, que seguraram a ponta de ganhos. Vale (VALE3) e Petrobras (PETR3 e PETR4) fizeram a dobradinha de reforço da Bolsa – somadas, as gigantes representam 27% da carteira teórica do índice.

Ambas as empresas acompanharam as subidas do minério de ferro na China e do petróleo nos mercados internacionais. Com o relaxamento das políticas “Covid zero” no país asiático, a expectativa de fortalecimento da demanda animou o setor de commodities.

O presidente do banco central chinês afirmou que irá manter as políticas de estímulo ao crescimento da economia para alcançar as metas de expansão do ano. O mercado reagiu e os futuros do minério fecharam em alta de 3,43%.

O preço do petróleo também subiu, impulsionado pela escassez global devido às sanções ao petróleo russo. Os Emirados Árabes alertaram que chegaram próximos de sua capacidade máxima de produção. O barril Brent fechou em alta de 2,54%, a US$ 113,80, enquanto o barril WTI subiu 2%, a US$ 111,76.

Vale terminou o pregão em alta de 1,79%, a R$ 79,45, seguida por PETR3, que ganhou 1,46%, a R$ 31,31, e PETR4, que subiu 1,25%, a R$ 28,33.

No ranking de maiores altas do Ibovespa também aparecem Pão de Açúcar (PCAR3), com avanço de 2,86%, BB Seguridade (BBSE3), que subiu 2,13%, e Braskem (BRKM5), que ganhou 1,54%.

Já as maiores perdas do Ibovespa foram lideradas pela Hapvida (HAPV3), com recuo de 5,78%, Via (VIIA3), que caiu 5,46%, e Positivo (POSI3), que perdeu 5,38%.

No radar dos riscos fiscais, o senador Fernando Bezerra adiou para às 18h (horário de Brasília) a apresentação do texto final da PEC (proposta de emenda à Constituição) dos Combustíveis. O mercado teme que o relatório traga uma previsão de despesas maior do que o estimado até agora.

Até o momento, o aumento do Auxílio-Brasil, do vale-gás e a criação do voucher-caminhoneiro devem custar R$ 54 bilhões aos cofres públicos – desse montante, R$ 37,8 bilhões estão fora do teto de gastos.

Segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes, esses valores serão pagos com os dividendos que a União recebe das estatais.

“São recursos extraordinários não orçados, que não estavam no Orçamento. Tem entre R$ 25 bilhões e R$ 30 bilhões de dividendos, e R$ 26,7 bilhões que vieram de privatizações. Há recursos para não deixar afetar o resultado fiscal”, disse Guedes em um evento nesta terça-feira.

O dólar comercial seguiu o movimento de alta dos últimos dias e fechou com avanço de 0,60%, negociado a R$ 5,2660 na venda.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: