Knot diz que opções do BCE para alta de juros em setembro não estão limitadas a 0,50 p.p

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


PARIS (Reuters) – A autoridade do Banco Central Europeu (BCE) Klaas Knot disse ao jornal francês Le Monde em entrevista publicada nesta terça-feira que as opções do BCE para um aumento da taxa de juros em setembro não estavam limitadas a 50 pontos-base.

“Se as condições permanecerem as mesmas de hoje, devemos aumentar a taxa em mais de 0,25 ponto percentual. O próximo nível é subir novamente 0,50 ponto, mas nossas opções não se limitam necessariamente a isso”, disse Knot, que também é chefe do banco central holandês.

Ele acrescentou que as taxas de juros devem subir novamente em outubro e dezembro.

“Tudo vai depender dos dados e da situação econômica, mas há uma probabilidade real de que as taxas continuem subindo em outubro e dezembro”, disse ao Le Monde.

O BCE informou na semana passada que encerraria a flexibilização quantitativa em 1º de julho e aumentaria as taxas de juros em 25 pontos-base em 21 de julho. O banco central subirá novamente os custos dos empréstimos em 8 de setembro e fará um movimento maior, a menos que as perspectivas de inflação melhorem nesse meio-tempo.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

(Por Sudip Kar-Gupta)

Compartilhe esta publicação: