MRV (MRVE3) distribuirá R$ 95,5 milhões em dividendos; veja os destaques do Radar

Últimas notícias sobre: Oi, Vale, CSN, Odontoprev, BRF e Tegma

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (21), a MRV anunciou o pagamento parcial de dividendos mínimos obrigatórios no montante de R$ 95,5 milhões, equivalente a R$ 0,1978 por ação, no dia 5 de julho.

Já a Oi comunicou a alteração da data da divulgação do seu balanço do primeiro trimestre, que estava prevista para hoje, para o dia 28 de junho.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Veja esses e outros destaques corporativos do dia:

MRV (MRVE3)

A MRV anunciou o pagamento parcial de dividendos mínimos obrigatórios no montante de R$ 95,5 milhões, sendo o valor estimado dos dividendos de R$ 0,1978 por ação. O pagamento ocorrerá no dia 5 de julho aos acionistas titulares de ações de emissão da companhia na data base de 23 de junho.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Oi (OIBR4)

A Oi comunicou a alteração da data da divulgação do seu balanço do primeiro trimestre, que estava prevista para hoje, para o dia 28 de junho, “de modo a garantir a divulgação de informações precisas, consistentes e completas aos acionistas e ao mercado.”

Contudo, a empresa antecipou que sua receita preliminar foi de R$ 4,383 bilhões, e que o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) de rotina preliminar da empresa atingiu R$ 1,128 bilhão no período.

Vale (VALE3) e CSN (CSNA3)

A mineradora Samarco “não está à venda”, disseram as proprietárias da joint venture, Vale e BHP, após notícia de que a CSN estaria interessada no ativo. As empresas reafirmaram ainda o apoio ao plano de reestruturação protocolado pelos sindicatos de empregados da Samarco e outros credores em 18 de maio.

“Ambos acionistas estão focados nos preparativos para a audiência de conciliação amanhã e em garantir a sustentabilidade da Samarco e sua responsabilidade com os esforços de reparação, que não são endereçados pelo plano dos credores”, disseram as empresas em nota.

A CSN está elaborando uma oferta de aquisição da Samarco, que será apresentada ao juiz do tribunal de falências que supervisiona a reestruturação da dívida da mineradora, segundo fontes com conhecimento do assunto.

Odontoprev (ODPV3)

A Odontoprev informou que foi aprovado o pagamento de JCP (juros sobre capital próprio) relativo ao segundo trimestre de 2022, no montante de R$ 17,6 milhões. O valor líquido por ação é de R$ 0,0269. O pagamento ocorrerá em 21 de dezembro de 2022 aos acionistas titulares de ações de emissão da companhia na data base de 23 de junho.

BRF (BRFS3)

A BRF informou que a agência de classificação de riscos Moody’s reafirmou a nota de crédito da BRF em escala corporativa global em “Ba2”, atualizando a perspectiva de “positiva” para “estável”. De acordo com o relatório, a revisão da perspectiva reflete o ambiente operacional desafiador enfrentado pela companhia, que levou a um desempenho mais fraco que o esperado no primeiro trimestre de 2022.

Tegma (TGMA3)

A Tegma recebeu a renúncia de Marcos Antonio Leite de Medeiros ao cargo de diretor presidente, e membros do conselho de administração elegeram Nivaldo Tuba para substituí-lo. A posse ocorrerá em 1º de julho. (Com Reuters)

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: