PetroRecôncavo (RECV3) anuncia oferta restrita de ações; veja os destaques do Radar

Últimas notícias sobre: Petrobras, Eletrobras, Mills, Unipar, Raízen e Raia Drogasil

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (6), a PetroRecôncavo informou que seu conselho de administração aprovou uma oferta restrita primária e secundária de ações, numa operação que pode movimentar até R$ 2,2 bilhões.

Já a Petrobras iniciou a etapa de divulgação de oportunidade referente à venda da totalidade de sua participação de 18,8% na sociedade UEG Araucária.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Veja esses e outros destaques corporativos do dia:

PetroRecôncavo (RECV3)

A PetroRecôncavo informou que seu conselho de administração aprovou uma oferta restrita primária e secundária de ações, numa operação que pode movimentar até R$ 2,2 bilhões.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Segundo o fato relevante, a oferta envolve a venda de um lote primário inicial de 44 milhões de ações, além de uma tranche secundária, no caso de excesso de demanda. A operação será coordenada por Itaú BBA, Morgan Stanley, UBS, Goldman Sachs, Banco Safra e XP.

Com base no preço de fechamento da ação na sexta-feira, de R$ 27,42 cada, a PetroRecôncavo estimou que a oferta movimentará entre R$ 1,2 bilhão e R$ 2,17 bilhões, a depender do total de ações que forem vendidas.

A companhia afirmou que pretende usar os recursos da venda de ações novas para financiar “potenciais aquisições futuras de ativos que possam contribuir para a execução da estratégia de expansão, tais como a do Polo Bahia Terra em curso”.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras disse que iniciou a etapa de divulgação de oportunidade (teaser) referente à venda da totalidade de sua participação de 18,8% na sociedade UEG Araucária (UEGA).

A UEGA é uma sociedade entre o grupo Copel e a Petrobras, constituída de uma usina de geração a gás natural (ciclo combinado, com duas turbinas a gás e 1 turbina a vapor) e localizada em Araucária (PR), próxima ao gasoduto Bolívia-Brasil.

A unidade entrou em operação em 2002 e possui capacidade instalada total de 484 megawatts (MW).

Eletrobras (ELET6)

A Eletrobras informou que foi suspensa a Assembleia Geral de Debenturistas de Furnas agendada para hoje, para discutir a autorização prévia dos titulares de debêntures da 1ª emissão de debêntures de Furnas.

A decisão veio do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro), e pode afetar a realização da oferta pública global de ações da companhia.

Mills (MILS3)

A Mills anunciou que irá distribuir JCP (juros sobre capital próprio) referentes ao primeiro trimestre de 2022 no valor total de R$ 21,4 milhões, correspondendo a R$ 0,0888 por ação.

A distribuição terá como data-base de cálculo a posição acionária de quarta-feira (8), e o pagamento ocorrerá no dia 30 de junho.

Unipar (UNIP6)

A Unipar Carbocloro informou que implementará um projeto de produção de cloro/soda e derivados no Polo Petroquímico de Camaçari, na Bahia, a ser construído em modelo greenfield, com capacidade de produção de 10 mil toneladas de cloro, 12 mil toneladas de soda cáustica, 25 mil toneladas de ácido clorídrico e 20 mil toneladas de hipoclorito de sódio ao ano.

A estimativa é de que a obra tenha duração de até 24 meses, a partir do segundo semestre deste ano, com investimentos de cerca de R$ 140 milhões.

Raízen (RAIZ4)

A Raízen, através da Neolubes, assinou um contrato de compra de óleo básico com a Shell Trading US Company, envolvendo o valor total de, aproximadamente, R$ 63 milhões.

Raia Drogasil (RADL3)

A Raia Drogasil informou que o JPMorgan Chase & Co aumentou sua participação acionária na companhia para 84.537.049 ações, equivalentes a, aproximadamente, 5,11% do total de ações. (Com Reuters)

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: