PetroRecôncavo (RECV3) levanta R$ 1 bi em oferta de ações; veja os destaques do Radar

Últimas notícias sobre: Petrobras, Braskem, Neoenergia, B3, Taesa e Sanepar

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (15), a PetroRecôncavo anunciou que levantou R$ 1,034 bilhão em uma oferta subsequente de ações precificada ontem (14).

Já a Petrobras e a Raízen assinaram acordo para avaliar potenciais negócios envolvendo a produção, compra e venda de biometano.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Veja esses e outros destaques corporativos do dia:

PetroRecôncavo (RECV3)

A PetroRecôncavo anunciou que levantou R$ 1,034 bilhão em uma oferta subsequente de ações precificada ontem (14). A oferta de 44 milhões de novas ações foi cotada a R$ 23,50 por ação, com um desconto de 1,4% em relação ao preço de fechamento do papel de ontem.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A empresa acrescentou que um lote de ações adicionais não foi vendido. A transação poderia ter sido aumentada em 80% se a demanda tivesse permitido, incluindo 27 milhões de novas ações adicionais emitidas pela empresa e uma oferta menor de ações detidas pela holding PetroSantander, com sede em Luxemburgo.

A empresa espera que os recursos financiem potenciais aquisições futuras, incluindo a do cluster Bahia-Terra da Petrobras, para o qual fez uma oferta conjunta com a Eneva de mais de US$ 1,4 bilhão.

Petrobras (PETR3;PETR4) e Raízen (RAIZ4)

A Petrobras e a Raízen assinaram acordo para avaliar potenciais negócios envolvendo a produção, compra e venda de biometano, além da realização de estudos para o desenvolvimento de soluções de logística de entrega do combustível renovável que viabilizem sua utilização nas refinarias da estatal.

O biometano deve ser produzido pela Raízen a partir de resíduos da cana-de-açúcar (vinhaça e torta de filtro), gerados na operação agroindustrial da companhia.

A Petrobras disse que o biometano tem características semelhantes às do gás natural e integra uma nova geração de combustíveis sustentáveis (como o diesel R5, com conteúdo renovável, e o BioQAV), em linha com a estratégia de descarbonização e de desenvolvimento de novas oportunidades de negócios com menor intensidade de carbono.

Braskem (BRKM5)

A Braskem informou que sua controlada indireta Braskem Idesa (BI) firmou acordos com a Advario para alienação de participação de 50% do capital social da Terminal Química Puerto México (TQPM), subsidiária da BI responsável pelo desenvolvimento e operação do projeto do terminal de importação de etano no México.

A operação está sujeita às aprovações aplicáveis e, uma vez aprovada, BI e Advario terão, cada uma, 50% do capital social da TQPM.

Neoenergia (NEOE3)

A Neoenergia anunciou que entraram em operação, com antecipação de um mês em relação ao plano de negócios, os sete primeiros aerogeradores do Complexo Eólico de Oitis na forma de operação em teste.

O complexo está localizado nos estados do Piauí e Bahia, terá capacidade instalada total de 566,5 megawatt (MW), com 103 aerogeradores, cada um com potência de 5,5 MW, segundo comunicado.

A composição é de 12 parques eólicos, que terão 96% de sua energia destinada à comercialização no mercado livre e 4% no mercado regulado. A previsão é que a entrada em operação do total do complexo se dê no segundo semestre de 2022.

B3 (B3SA3)

A B3 registrou um volume médio de ações de R$ 30,4 bilhões em maio, queda de 8,5% na comparação com maio do ano passado, quando o volume chegou a R$ 33,2 bilhões.

Taesa (TAEE11)

A Taesa comunicou aos detentores das debêntures da 8ª emissão que realizará o pagamento de juros hoje, no valor total de R$ 9,1 milhões.

Sanepar (SAPR4)

A Sanepar informou que realizará o pagamento dos dividendos e dos JCP (juros sobre o capital próprio) no dia 24 de junho, referentes ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2021. (Com Reuters)

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: