Preços do petróleo caem com temores por juros nos EUA e imposto sobre lucros de petroleiras

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


Por Laura Sanicola

(Reuters) – Os preços do petróleo fecharam em baixa nesta terça-feira por temores de que o Federal Reserve dos EUA surpreenda os mercados com um aumento da taxa de juros acima do esperado.

A maioria dos observadores do Fed esperava que o banco central dos EUA aumentasse as taxas em 50 pontos base em sua reunião na quarta-feira. Mas após os dados surpreendentemente fortes do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) de sexta-feira para maio, mais analistas esperam um aumento da taxa de 75 pontos base.

Os futuros de petróleo Brent caíram 1,10 dólar, ou 0,9%, para 121,17 dólares por barril. O petróleo bruto dos EUA fechou em baixa de 2 dólares, ou 0,7%, para 118,93 dólares por barril.

“Esse medo de um aumento ainda maior do ponto base está reduzindo as ações e o petróleo”, disse John Kilduff, sócio da Again Capital LLC em Nova York.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Os preços do petróleo foram pressionados por relatos de que o presidente do Comitê de Finanças do Senado dos EUA, Ron Wyden, planeja introduzir uma legislação estabelecendo uma sobretaxa de 21% sobre os lucros das petrolíferas considerados excessivos, disse um assessor à Reuters.

O projeto aplicaria um imposto adicional de 21% sobre lucros excessivos de empresas de petróleo e gás com mais de 1 bilhão de dólares em receita anual, disse o assessor.

Compartilhe esta publicação: