Rede D’Or (RDOR3) aumenta participação na SulAmérica (SULA11); veja os destaques do Radar

Últimas notícias sobre: GPA, Unidas, Localiza, Cosan, Pague Menos e Hypera

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (23), a Rede D’Or informou que passou a deter 64.217.141 units da SulAmérica, equivalente a aproximadamente 15,08% do seu capital social. A aquisição ocorre no contexto da operação de combinação de negócios entre as empresas.

Já o GPA anunciou a conclusão do programa de recompra de ações da Éxito, levantando um valor de R$ 398,1 milhões pela venda de 3,40% de sua participação.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Veja esses e outros destaques corporativos do dia:

Rede D’Or (RDOR3) e SulAmérica (SULA11)

A Rede D’Or passou a deter 64.217.141 units da SulAmérica, representadas por 64.217.141 ações ordinárias e 128.434.282 ações preferenciais de sua emissão. A referida participação equivale a aproximadamente 15,08% do capital social da SulAmérica, sendo 10,03% do total de ações ordinárias e 20,16% do total de ações preferenciais.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Rede D’Or informa que tal aquisição ocorre no contexto da operação de combinação de negócios entre a empresa e a SulAmérica.

GPA (PCAR3)

O GPA anunciou a conclusão do programa de recompra de ações da Éxito, sociedade de capital aberto com sede na Colômbia da qual o GPA é acionista controlador.

Considerando as taxas de câmbio aplicadas para conversão ao real dos valores pagos em pesos colombianos pelas ações de Éxito vendidas pelo GPA no âmbito do programa de recompra, o GPA recebeu o valor total de R$ 398,1 milhões pela venda de 3,40% de sua participação.

Após a efetivação da recompra, o GPA passou a deter 96,52% do capital social de Éxito, sendo 91,52% diretamente pelo GPA e 5,00% por sua subsidiária GPA2 Empreendimentos e Participações Ltda.

Unidas (LCAM3) e Localiza (RENT3)

O Cade aprovou um fundo da gestora canadense Brookfield, que controla a locadora de veículos Ouro Verde, como comprador dos ativos vendidos no âmbito da fusão entre as líderes do setor Localiza e Unidas.

Com o sinal verde do Cade, Localiza e Unidas esperam fechar a combinação de negócios em 1º de julho, disseram as duas empresas em fato relevante conjunto.

A venda é de ativos da Unidas, incluindo 49 mil carros, e foi determinada pelo tribunal do Cade em dezembro como condição para que o negócio, uma fusão entre as duas maiores locadoras de veículos do país, recebesse a aprovação da autarquia.

Cosan (CSAN3)

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou a compra de 51% da distribuidora de gás Gaspetro pela Compass, o que deve colaborar para o fortalecimento do grupo Cosan no setor, apesar de protestos de consumidores sobre a concentração de poucas empresas neste mercado..

Com a operação, a Compass passará a ter participação em 18 distribuidoras de gás natural, reforçando sua atuação no setor. Ela já detém a Comgás, em São Paulo, e a Sulgás, no Rio Grande do Sul. Os 49% restantes da Gaspetro pertencem à japonesa Mitsui.

Pague Menos (PGMN3)

O Cade aprovou, por unanimidade, a venda da rede de farmácias Extrafarma para a Pague Menos, impondo restrições que incluem a venda de oito lojas no Nordeste do país.

“O simples desinvestimento não é suficiente por si só”, afirmou o relator do caso, Gustavo Augusto Freitas de Lima, ao ler o seu voto em sessão do Cade. “O desinvestimento somente faz sentido se os pontos forem vendidos para redes regionais, redes nacionais ou associação de farmácias”, acrescentou.

Segundo ele, a venda dos ativos está sendo firmada para a rede Bruno Farma e o negócio deverá ser acertado em até 180 dias. Se o prazo for superado, um ‘trustee’ deverá se encarregar pelo desinvestimento.

O grupo Ultrapar, que está vendendo a Extrafarma, afirmou em comunicado que a determinação da venda das lojas não altera o valor do negócio acertado com a Pague Menos, que calcula o valor do negócio em R$ 700 milhões. A Ultrapar disse que espera concluir a venda da Extrafarma em 1º de agosto.

Hypera (HYPE3)

A Hypera informou que foi aprovada a distribuição de JCP (juros sobre capital próprio) no montante bruto de R$ 194,7 milhões, equivalente a R$ 0,30776 por ação ordinária. O pagamento será realizado até o final do exercício social de 2023, com base na posição acionária constante dos registros da companhia ao final do pregão de 27 de junho de 2022.

(Com Reuters)

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: