Risco de inflação estourar limite da meta vai a 100% em 2022 e sobe para 2023, diz BC

Para o ano que vem, instituição aumentou a estimativa da chance de estouro de 12% para 29%

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Adriano Machado/Reuters
Adriano Machado/Reuters

Sede do Banco Central em Brasília

Acessibilidade


A probabilidade de a inflação ultrapassar os limites do intervalo de tolerância da meta este ano subiu de 88% na estimativa de março para 100%, conforme Relatório Trimestral de Inflação divulgado hoje (30) pelo Banco Central, que também aumentou a estimativa da chance de estouro em 2023, de 12% para 29%.

“As projeções de inflação subiram em todo o horizonte considerado”, disse o BC no documento.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O relatório foi apresentado com uma semana de atraso por conta da greve de servidores do órgão. Normalmente, a divulgação é seguida de uma entrevista à imprensa pelo presidente do BC, o que não será feito nesta edição porque Campos Neto já concedeu a coletiva na semana passada, quando parte das projeções do documento foram antecipadas.

Na ocasião, o presidente do BC disse que o pior momento da inflação no Brasil já passou e que o país está muito perto de finalizar todo o trabalho de elevação de juros para domar a alta de preços.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: