Weg (WEGE3) aprova pagamento de R$ 181 milhões em JCP; veja os destaques do Radar

Últimas notícias sobre: Vale, Petrobras, Embraer, Americanas, Engie, Copel, Hapvida e Eletrobras

Reuters
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (22), a Weg informou que distribuirá JCP (juros sobre capital próprio) no valor total de R$ 181,6 milhões, correspondente a R$ 0,0432 por ação.

Já a Vale anunciou que pretende encerrar o ano com 12 de suas 30 barragens a montante eliminadas, o que representará investimento de US$ 400 milhões só em 2022 em obras de descaracterização das estruturas.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Veja esses e outros destaques corporativos do dia:

Weg (WEGE3)

A Weg informou que foi aprovada a distribuição de JCP no valor total de R$ 181,6 milhões, correspondente a R$ 0,0432 por ação, aos titulares de ações escriturais na sexta-feira (24). O pagamento ocorrerá em 17 de agosto.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Vale (VALE3)

A Vale pretende encerrar o ano com 12 de suas 30 barragens a montante eliminadas, o que representará investimento de US$ 400 milhões só em 2022 em obras de descaracterização das estruturas, disse a empresa à Reuters.

O programa de eliminação das barragens, iniciado há quatro anos, já custou US$ 857 milhões, dos US$ 4 bilhões projetados pela empresa até 2035, uma vez que busca acabar com as estruturas existentes antes de desastres como os de Brumadinho e Mariana, em Minas Gerais.

O rompimento da barragem de Brumadinho, em 2019, resultou em uma onda de rejeitos de mineração que atingiu a região e deixou 270 mortos. Até agora, sete estruturas foram eliminadas, sendo quatro em Minas Gerais e três no Pará.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras informou que o Comitê de Elegibilidade (Celeg) recebeu os relatórios necessários para analisar a indicação de Caio Mário Paes de Andrade à presidência da empresa com base nas regras de governança da companhia e legislação aplicável.

Uma reunião do Celeg está prevista para acontecer na tarde da próxima sexta-feira, acrescentou a empresa, em comunicado.

Embraer (EMBR3)

A companhia de aeronaves elétricas da Embraer, Eve, anunciou assinatura de acordo inicial para venda de até 40 veículos de pouso e decolagem verticais, conhecidos pela sigla eVtols, para a queniana Fahari Aviation. O valor do negócio não foi informado.

O acordo, acertado por meio de carta de intenção, inclui estudos conjuntos “para desenvolver e dimensionar o mercado de UAM e um modelo de negócios para operações de drones de carga no Quênia”, afirmou a Embraer em comunicado à imprensa. O início das entregas das aeronaves está previsto para 2026.

Americanas (AMER3)

O grupo varejista Americanas fez cerca de 400 demissões no país nos últimos dois meses de forma faseada, segundo o layoffsbrasil.com, site de recolocação de profissionais de tecnologia.

Consultada pela Reuters, a Americanas afirmou em nota que “como uma das maiores empregadoras do país e com mais de 43 mil colaboradores em todas as regiões, ajustes de quadro e adequação de perfis profissionais garantem eficiência e a estratégia de longo prazo em seus negócios”.

A notícia vem no momento em que empresas de alto crescimento e baseadas em tecnologia têm anunciado demissões e refeito planos de crescimento no país, diante do cenário recente de juros mais altos e inflação elevada.

Engie (EGIE3)

A Engie concluiu a aquisição dos direitos de desenvolvimento do Projeto Serra do Assuruá junto à PEC Energia pela Engie Brasil Energias Complementares, uma controlada da companhia. A aquisição inclui a totalidade das ações de emissão da Maracanã Geração de Energia, subsidiária da PEC, e dos ativos relacionados ao Projeto detidos por ambas as companhias.

O Projeto tem capacidade instalada total já outorgada de 882 MW, é composto por 24 parques eólicos e está localizado no município de Gentio do Ouro, estado da Bahia. O preço máximo da aquisição é de aproximadamente R$ 265 milhões.

Copel (CPLE6)

A Copel informou que a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) autorizou hoje o reajuste médio de 4,90% para os consumidores atendidos pela Copel Distribuição. Para os clientes residenciais, o reajuste é de 1,58%.

Hapvida (HAPV3)

A Hapvida comunicou a unificação das vice-presidências de Suporte da companhia, em linha com o plano de integração pós-fusão com o Grupo NotreDame Intermédica. Essa integração não altera a estrutura de gestão das áreas de operações e assistência à saúde, que permanecem segregadas e com seus atuais vice-presidentes.

Eletrobras (ELET6)

A Eletrobras informou que o seu conselho de administração aprovou a criação da diretoria de regulação e relações institucionais. O diretor responsável pela nova diretoria será escolhido posteriormente pelo conselho de administração.

(Com Reuters)

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: