Ambipar anuncia fusão de subsidiária com HPX, com plano de listar em NY; ação dispara

O acordo dá à empresa combinada uma avaliação de R$ 3,1 bilhões; papéis na bolsa paulista valorizaram 18%

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Yuichiro Chino/Reuters
Yuichiro Chino/Reuters

A Ambipar disse que o acordo inclui uma capitalização mínima garantida de US$ 168 milhões na Ambipar Response

Acessibilidade


A empresa brasileira de serviços ambientais Ambipar disse hoje (6) que sua subsidiária Emergência Participações firmou um acordo com a HPX para formar a Ambipar Emergency Response, que terá ações listadas em Nova York, fazendo seus papéis dispararem 18%.

O acordo com a HPX, uma companhia de cheque em branco (SPAC) listada nos Estados Unidos, dá à empresa combinada uma avaliação (enterprise value) de R$ 3,1 bilhões e deve impulsionar seu crescimento nos mercados globais. O ‘equity value’ da nova companhia é estimado em R$ 2,9 bilhões.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A medida ocorre menos de um ano após Ambipar cancelar a oferta pública inicial de ações (IPO) de sua empresa de gestão de resíduos Environment ESG devido a condições de mercado desfavoráveis.

A Ambipar disse que o acordo inclui uma capitalização mínima garantida de US$ 168 milhões na Ambipar Response, segundo fato relevante divulgado ao mercado. Se não houver resgate de ações pelos atuais acionistas da HPX, a capitalização pode chegar a US$ 415 milhões, acrescentou.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Por volta de 10:25, os papéis da Ambipar disparavam 17,34%, a R$ 26,80, na bolsa paulista, respondendo pelo melhor desempenho do índice Small Caps, que subia 1,52%. Na máxima, as ações chegaram a R$ 26,99 (+18,17%).

No âmbito da capitalização, a Ambipar vai entrar com US$ 50 milhões em meio a aportes de um grupo de investidores, disseram executivos da empresa em conferência com analistas.

Os recursos serão utilizados para acelerar o crescimento orgânico e inorgânico da Ambipar Response, disse a Ambipar, que permanecerá como acionista majoritária da empresa combinada, com cerca de 71,8% de seu capital social.

A Ambipar Response possui uma carteira de mais de 10.000 clientes em localidades como EUA, Brasil, Canadá e Reino Unido, e assumirá o papel da Emergência como prestadora de serviços industriais e resposta a emergências ambientais.

Após a conclusão do negócio, a Ambipar Response, sociedade constituída de acordo com a legislação das Ilhas Cayman, deterá todas as ações de emissão da Emergência e passará a ser listada na Bolsa de Valores de Nova York, sob o código “AMBI”.

O diretor financeiro da Ambipar, Thiago da Costa Silva, disse em conferência que a previsão é de listagem “no final de setembro, começo de outubro”.

Executivos da companhia afirmaram ainda que a listagem de BDRs (sigla para Brazilian Depositary Receipts) da Response na B3 é uma possibilidade, mas a ser discutida apenas depois do lançamento das ações nos EUA. Os BDRs são recibos lastreados em ativos negociados no exterior.

A Ambipar disse que, se determinadas condições não divulgadas forem verificadas, a empresa também terá direito a um potencial ‘earn-out’, aumentando a participação acionária na Ambipar Response e somando R$ 110 milhões ao ‘enterprise value’ implícito da empresa combinada.

Compartilhe esta publicação: