Carteira recomendada: Vale, Petrobras e WEG são as mais indicadas de julho

Ações da mineradora devem subir com fim de bloqueios na China e alta do preço do minério de ferro, apontam analistas

Vitória Fernandes
Compartilhe esta publicação:
Virojt Changyencha/Reuters
Virojt Changyencha/Reuters

Ao todo, foram 40 ações indicadas nas principais carteiras recomendadas do país

Acessibilidade


A Vale (VALE3) lidera, pela 21ª vez consecutiva, o levantamento mensal da Forbes das melhores ações para investir. Das 18 carteiras recomendadas de julho analisadas, 15 delas tinham os papéis da mineradora em sua composição.

Na visão dos especialistas da XP Investimentos, a Vale sofreu com a queda dos preços do minério de ferro, que foram ocasionadas, principalmente, por lockdowns na China no último mês, mas o fato não interferiu na recomendação de compra da corretora.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

“Em nossa opinião, quando a China aliviar as restrições de bloqueios, devemos ver a demanda por minério de ferro aumentar e as ações da Vale subirem devido à alta correlação com o preço da commodity”, avaliam os analistas Fernando Ferreira, Jennie Li e Rebecca Nossig.

A segunda posição do ranking ficou para as ações da Petrobras (PETR3 e PETR4), que receberam dez indicações e superaram a PetroRio (PRIO3), que ocupava a mesma posição no mês passado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Apesar da volatilidade vista nos papéis da estatal nos últimos dias causadas por mudanças no seu comando, a empresa tem se beneficiado do forte aumento no preço do petróleo.

“Entendemos que a melhoria nos resultados não foi acompanhada de uma elevação proporcional nas cotações, deixando o EV/EBITDA (múltiplo de avaliação do valor de mercado de uma empresa) atual, de 2,0x, descontado tanto em relação aos pares (3,4x), quanto em relação à média histórica de dois anos (4,1x)”, avaliam Victor Penna e Wesley Bernabé, analistas do BB Investimentos.

O patamar de desconto pode ser explicado pela cautela dos investidores em torno da aproximação das eleições presidenciais. Porém, os especialistas do BB acreditam que a estrutura de governança da companhia, em conjunto com as definições da atual lei das estatais, protege os investidores de eventuais mudanças que possam ser desfavoráveis aos minoritários.

Os papéis da Weg (WEGE3) ocupam o terceiro lugar da lista com oito recomendações, que refletem a expectativa do mercado em torno da recuperação industrial brasileira.

“No cenário internacional, as sete plantas da empresa localizadas na Europa parecem bem posicionadas para tirar proveito da aceleração do recém-anunciado plano de transição energética da União Europeia (UE), que pretende diminuir sua dependência do petróleo e do gás importados pela Rússia”, explicam os analistas Eliz Sapucaia e Régis Chinchila, da Terra Investimentos.

Na quarta posição aparecem Itaú Unibanco (ITUB4) e Multiplan (MULT3), seguidos por PetroRio e Suzano (SUZB3) na 6ª colocação.

Ao todo, foram 40 ações indicadas nas principais carteiras recomendadas do país.

Confira o ranking completo:

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: