Citi negocia venda de operações na Rússia para Expobank, diz fonte

O Expobank quer expandir os negócios de banco de investimento e busca atrair clientes de outros bancos russos atingidos por sanções.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Foto: Athit Perawongmetha/ Reuters
Foto: Athit Perawongmetha/ Reuters

Logo do Citibank exibido em exposição em Bangkok

Acessibilidade


O Citigroup está conversando com o banco russo Expobank sobre uma possível venda de algumas de suas operações no país, disse uma fonte familiarizada com o assunto à Reuters, na mais recente tentativa de um banco ocidental de deixar a Rússia.

As discussões entre Expobank e Citi estão em estágio avançado e focadas em encontrar um preço que funcione para ambas as partes, disse a fonte sob condição de anonimato.

Expobank e Citi não comentaram.

Igor Kim, principal acionista do Expobank, busca expandir os negócios de banco de investimento da instituição e vem atraindo clientes de outros bancos russos atingidos por sanções, disse a fonte.

Se o acordo for adiante, o Citi se tornará o segundo banco ocidental a entregar as chaves de seus negócios russos. O banco francês Société Générale fechou em abril um acordo para venda do Rosbank para a Interros Capital, uma empresa ligada ao oligarca russo Vladimir Potanin.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A unidade de banco de consumo do Citi na Rússia teve receita de 32 milhões de dólares no primeiro trimestre, uma queda de 6% em relação ao ano anterior, com impacto das sanções contra a Rússia após a invasão da Ucrânia.

O Citi disse em uma apresentação trimestral em maio que as discussões para venda dos negócios de banco de consumo na Rússia estavam em andamento, em linha com comentários recentes da presidente-executiva do grupo, Jane Fraser.

O documento dizia que o Citi também buscava a venda de seus negócios bancários comerciais no país, que atendem a empresas menores, e não estava mais aceitando novos clientes após a invasão da Ucrânia por Moscou.

As negociações com o Expobank foram divulgadas inicialmente pelo Financial Times. O Rosbank e a seguradora russa Reso-Garantia também manifestaram interesse nos ativos russos do Citi, segundo a reportagem.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: