A conta Nubank virou poupança? Entenda as mudanças

Após mudanças, Eduardo Mira explica como ficará o rendimento da conta Nubank.

Eduardo Mira
Compartilhe esta publicação:
SOPA Images/Colaborador/Getty Images
SOPA Images/Colaborador/Getty Images

O Nubank anunciou mudanças em sua conta e investidores apontam semelhanças com modelo da poupança. 

Acessibilidade


O Nubank anunciou recentemente que novos depósitos, efetuados a partir de 25 de julho, só terão o rendimento de 100% do CDI a partir do 31º dia após a data do depósito. Ou seja, o rendimento deixou de ser automático nos primeiros 30 dias.

É uma mudança significativa que, de certa forma, remete ao conceito de caderneta de poupança, cuja rentabilidade só é creditada ao cliente na data de aniversário do investimento.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A diferença é que, no caso da poupança, esse critério é perene, enquanto na conta do Nubank, isso ocorre apenas nos primeiros 30 dias, depois disso, o rendimento passa a ser diário.

A rentabilidade será retroativa à data do depósito, mas, nem por isso a medida anunciada pelo banco ficou menos ruim, pois o investidor que sacar o dinheiro antes de 30 dias da data inicial da aplicação não terá nenhum ganho.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Por que a conta Nubank mudou?

O Nubank está vivendo a dor do crescimento. Conforme resultados do 1T22 divulgados em maio, somente aqui no Brasil, a base de clientes do banco teve um crescimento de 55%, alcançando um total de 57,3 milhões de pessoas físicas.

Ao mesmo tempo em que isso impulsionou os indicadores de performance – entre eles o número de depósitos, que aumentou 129% no período – fez com que o banco tivesse também um forte impacto em seus custos financeiros.

Além de ter que aumentar suas provisões de perdas com inadimplência em 35%, os gastos com juros sobre os depósitos também subiram, impulsionados pela alta da taxa Selic.

Dessa forma, ao tomar esta medida, o Nubank reduz sua despesa financeira ao mesmo tempo em que dá prosseguimento ao seu projeto de expansão do portfólio de serviços, com novas opções de investimento, como é o caso do lançamento das caixinhas.

As caixinhas Nubank funcionam como se fossem pastas, onde você guarda dinheiro separadamente, de acordo com o objetivo que tenha para cada montante, e o prazo que pretende manter o dinheiro aplicado.

Ao criar caixinhas na sua conta Nubank, você define a finalidade, o prazo que pretende alcançar a meta e o banco irá sugerir investimentos compatíveis com essas definições.

Quanto mais tempo você mantém o dinheiro investido, maior o efeito dos juros compostos sobre sua aplicação.

Contudo, é necessário ter muita certeza do tipo de meta e do prazo que definir para ela, pois se você movimentar o dinheiro antes da data estabelecida no momento do investimento, você pode perder rentabilidade, que pode até mesmo chegar a zero.

Quem gostou das mudanças?

As mudanças na conta Nubank, além de equacionarem ao menos parcialmente a questão das despesas financeiras, também é um claro sinalizador que o banco dá aos acionistas de que está gerenciando seu crescimento para tornar a base de clientes lucrativa.

Em declaração à Reuters no mês de maio, o presidente executivo do banco, David Vélez, disse que o Nubank ainda faz seis vezes menos receitas por cliente do que os grandes bancos de varejo. Além disso, a inadimplência superior a 90 dias cresceu 4,2%.

Dessa forma, reposicionar estratégias visando trazer novas fontes de receita é o caminho para melhorar seus resultados, o que irá se refletir no valor de suas ações, como é a expectativa dos acionistas.

Vale a pena ter conta no Nubank?

O que define se a conta do Nubank vale a pena ou não é o uso que você fará do dinheiro.

Se você movimenta bastante sua conta, e costuma depositar nela o dinheiro que usa para pagar suas despesas do dia a dia, precisa estar ciente de que o rendimento de 100% do CDI a ser creditado após 30 dias incidirá apenas sobre os valores remanescentes e não sobre o montante total que você depositou e foi retirando para o pagamento de contas.

Neste caso, vale comparar os benefícios que possui no Nubank com outras contas digitais e avaliar as alternativas disponíveis no mercado para continuar tendo seu rendimento automático desde o primeiro dia.

Nessa comparação, é importante lembrar que em quaisquer contas digitais que remunerem automaticamente o dinheiro, além da incidência de imposto de renda, aplica-se a tabela regressiva de IOF para movimentações efetuadas nos primeiros 30 dias – portanto, esse imposto precisa entrar no seu cálculo comparativo.

No entanto, se você tem certeza de que os valores que irá depositar no Nubank não serão usados nos primeiros 30 dias, mas ainda é dinheiro de uso no curtíssimo prazo, o rendimento de 100% do CDI continua sendo uma forma de minimizar a perda do seu poder de compra em relação à inflação por meio de uma conta com liquidez diária.

Mesmo neste caso, em que você só pretenda começar a movimentar o dinheiro após o 31º dia, eu mantenho minha recomendação para que você compare entre as contas digitais e deixe seu dinheiro naquela que representar a melhor relação custo e benefício.

Nubank ficou igual à caderneta de poupança?

Esta tem sido a principal crítica dos clientes, porém, não é bem assim. Lembre-se do que eu sempre digo: para comparar dois produtos financeiros você precisa levar em conta todas as variáveis.

Existe sim a similaridade quando analisamos apenas o prazo de aniversário do depósito versus início da rentabilidade, mas, em termos de ganhos percentuais, o resultado final é diferente.

Poupança

  • Como é creditado o rendimento? Mensalmente, na data de aniversário do depósito.
  • Rentabilidade: Quando a Selic está acima de 8,5% o rendimento é de 70% da Selic mais a variação da TR.
  • Incidência de IOF: Isento.
  • Imposto de renda: Isento.
  • Liquidez: imediata.

Conta Nubank

  • Como é creditado o rendimento? O primeiro depósito tem rendimento creditado após 30 dias. A partir do 31º dia, o rendimento é creditado diariamente.
  • Rentabilidade: 100% do CDI.
  • Incidência de IOF: Saques realizados nos primeiros 29 dias têm cobrança sobre o rendimento de acordo com a tabela regressiva do IOF.
  • Imposto de renda: Incide imposto sobre o rendimento de acordo com a tabela regressiva de imposto de renda de pessoa física.
  • Liquidez: imediata.

Ficar na conta Nubank ou mudar?

Sua decisão precisa se pautar por vários critérios e não apenas pela mudança de remuneração dos depósitos no primeiro mês.

Entretanto, há uma coisa positiva que mudanças como esta acabam promovendo: faz com que você saia da zona de conforto e, periodicamente, reavalie suas escolhas.

Comparar as opções existentes para remunerar seus dinheiro é algo que você deve fazer independente das mudanças que as instituições façam em suas operações administrativas. Isso é parte do trabalho de gerenciamento de sua carteira.

No caso das mudanças na conta Nubank, não há impactos de grandes proporções, a menos que sua movimentação mensal seja de valores muito elevados. Ainda assim, existe uma perda de rentabilidade, e só você é capaz de avaliar o quanto ela fará diferença em seu orçamento.

Obviamente, você não deve ficar mudando tudo em suas aplicações a cada novidade que aconteça no mercado. Porém, acompanhar as mudanças para avaliar se as escolhas continuam alinhadas ao seu planejamento financeiro pessoal é uma tarefa da qual você não pode abrir mão.

> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Eduardo Mira é formado em telecomunicações, com pós-graduação em pedagogia empresarial e MBA em gestão de investimento. É analista CNPI, certificado CPA10 e CPA20, ex-gerente do Banco do Brasil e da corretora Modal.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Compartilhe esta publicação: