Minério de ferro cai com piora do cenário para demanda em meio a temores de recessão

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) – Os preços do minério de ferro e do aço caíram nesta sexta-feira, à medida que as perspectivas de uma forte desaceleração econômica global alimentam os temores de queda na demanda por commodities, apesar dos sinais de uma recuperação na atividade manufatureira na China, principal consumidora de metais.

O espectro de uma recessão global sustentou um cenário já nebuloso para a demanda de minério de ferro na China, a maior produtora de aço do mundo, onde usinas pararam dezenas de altos-fornos recentemente em uma tentativa de reduzir os altos estoques em meio a pedidos fracos.

O contrato de minério de ferro mais negociado para setembro na Bolsa de Mercadorias de Dalian da China encerrou as negociações em queda de 6,9%, a 747,50 iuanes (111,47 dólares) a tonelada, estendendo as perdas para um segundo dia.

Na Bolsa de Cingapura, o contrato do ingrediente siderúrgico para agosto caiu 4,3%, para 113,90 dólares a tonelada.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

No mercado spot, o minério de referência com 62% de teor de ferro caiu de 4,50 dólares, para 117,50 dólares a tonelada nesta sexta-feira, mostraram dados da consultoria SteelHome.

“Não é apenas na China que a produção de aço está sob pressão”, disse Warren Patterson, chefe de estratégia de commodities do ING. “As expectativas de desaceleração do crescimento econômico e o risco crescente de recessão claramente não são ótimos para a demanda global de aço.”

(Por Enrico Dela Cruz em Manila; reportagem adicional de Emily Chow)

Compartilhe esta publicação: