Ibovespa fecha em alta pelo quarto dia e sobe 3% na semana

Companhias ligadas a commodities sustentaram o principal índice brasileiro neste pregão

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa encerrou a sessão de hoje (5) em alta de 0,55%, aos 106.303 pontos. O principal índice da Bolsa brasileira cravou a sua terceira alta consecutiva e acumulou avanço de 3% na semana.

O índice chegou a testar a casa dos 107 mil pontos na máxima, ainda refletindo a perspectiva de fim no ciclo de alta da Selic. Na noite de quarta (3), o Banco Central brasileiro anunciou o segundo aumento consecutivo de 0,5 ponto percentual da taxa básica de juros, que chegou a 13,75% ao ano, o maior patamar desde janeiro de 2017.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Na sessão de hoje, se destacam as ações relacionadas a commodities, como petróleo e minério. A petroquímica Braskem (BRKM5) liderou as altas com avanço de 3,56%, a R$ 35,25.

Em seguida aparecem os papéis de PetroRio (PRIO3), Minerva (BEEF3), 3R Petroleum (RRRP3) e Siderúrgica Mineral (CSNA3), que subiram 3,08%, 3,16%, 3,08% e 2,82%, respectivamente.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Do lado negativo, as ações da Alpargatas (ALPA4) tiveram uma sessão amarga, caindo mais de 13% (-13,54%).

Americanas (AMER3), Fleury (FLRY3), Magazine Luiza (MGLU3) e Petz (PETZ3) também registraram fortes quedas, de 7,83%, 6,65%, 5,39% e 3,67%, respectivamente.

Na agenda brasileira de indicadores econômicos, o Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) passou a cair 0,38% em julho, a primeira deflação desde o final de 2021. O acumulado dos últimos 12 meses ficou em um dígito pela primeira vez em mais de um ano, refletindo baixas expressivas nos custos de commodities e produtos energéticos.

Em Wall Street, o resultado do relatório de empregos (payroll) de julho dividiu investidores. Segundo o Departamento do Trabalho, foram abertas 528 mil vagas de trabalho fora do setor agrícola no mês passado, ante expectativa de 250 mil.

O dado é um sinal positivo da saúde da economia norte-americana, mas intensifica a pressão sobre o Federal Reserve (banco central dos EUA) para seguir aumentando os juros.

O Dow Jones encerrou o dia em leve alta de 0,23%, aos 32.803 pontos. O S&P 500 recuou 0,16%, a 4.145 pontos, e o Nasdaq caiu 0,50%, a 12.657 pontos.

O dólar caiu 1,05% frente ao real, a R$ 5,1669. O real atipicamente descolou de seus pares, ostentando o segundo melhor desempenho global numa curta lista de seis moedas que bateram o dólar no dia.

Com o movimento desta sexta, a divisa norte-americana zerou a alta da semana e acabou acumulando variação negativa de 0,07%. Em 2022, o dólar perde 7,26%.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: