Ibovespa fecha em queda de 0,9% no primeiro pregão de agosto

Após três altas seguidas, a Bolsa brasileira recuou sob o peso das ações de commodities e temores em Wall Street

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


Saindo de uma sequência de três fechamentos positivos, o Ibovespa iniciou agosto com uma queda de 0,91%, a 102.225 pontos. Depois de uma abertura negativa, o principal índice de ações da B3 ensaiou uma melhora, com máxima intradia a 103.317 pontos (+0,15%).

Mas a queda no mercado norte-americano somada às perdas das principais ações de commodities da Bolsa tirou o fôlego do Ibovespa.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Dados fracos que apontam uma desaceleração industrial na China pressionaram as ações da Vale (VALE3) no dia, que caíram 2,39%, a R$ 68,08. A mineradora também sofre impactos do resultado trimestral mediano e das perspectivas menos positivas apresentadas na semana passada.

Outra pressão negativa sob o Ibovespa foi a Petrobras (PETR3 e PETR4). Com o declínio na cotação do petróleo no exterior, investidores viram a oportunidade de embolso de lucros após a ação atingir máximas na semana passada com o anúncio de dividendos e o balanço forte.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O barril Brent fechou aos US$ 100, com queda de 3,80% na cotação. Já o WTI recuou 4,80% hoje, a US$ 93,89 o barril. Na esteira das perdas, as ações ON (PETR3) da Petrobras recuaram 1,25%, a R$ 36,50, e os papéis PN (PETR4) caíram 1,38%, a R$ 33,68.

Na ponta de ganhos, BRF (BRFS3) e Raia Drogasil (RADL3) foram destaques no dia. Enquanto a empresa de alimentos avançou 4,76% impulsionada pela queda no valor do milho em mais de 2%, a farmacêutica divulgou bons números no segundo trimestre e subiu 3,91%.

As ações RADL3 chegaram a disparar mais de 8% após a empresa reportar um lucro líquido ajustado de R$ 343,7 milhões no segundo trimestre, alta de 48,2% na base anual.

Fora do Ibovespa, o noticiário favoreceu as ações da Zamp (BKBR3), antiga BK Brasil, com a informação de que um fundo do investidor estatal dos Emirados Árabes Unidos Mubadala propôs adquirir o controle da companhia. As ações fecharam em alta de 18,81%, a R$ 7,39.

Já em Wall Street, uma fala de Neel Kashkari, membro do Fed Minneapolis, renovou a preocupação do mercado sobre a política monetária do país. No domingo, Kashkari afirmou à CBS que o banco central do país “fará o que for necessário para levar a inflação à meta de 2%”.

Isso após o presidente do Fed, Jerome Powell, sinalizar após o último aumento de 0,75% dos juros que na próxima reunião poderá ser necessário uma elevação “incomumente alta”.

Ao fim do dia, as bolsas de Nova York fecharam mistas, com o Dow Jones caindo 0,14%, a 32.799 pontos; o S&P 500 com queda de 0,28%, a 4.118 pontos; e o Nasdaq com recuo de 0,18%, a 12.368 pontos.

O tom de maior cautela no mercado e a queda das commodities virou o dólar comercial, que fechou em ligeira alta de 0,08%, a R$ 5,1786.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: