Crescimento do PIB dos EUA do 4º trimestre é revisado para baixo

O valor foi revisado para baixo em relação à alta de 2,9% relatada no mês passado

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Karolina Grabowska/Pexels
Karolina Grabowska/Pexels

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 3 mil

Acessibilidade


O número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego caiu de forma inesperada na semana passada, continuando a sinalizar condições persistentemente apertadas do mercado de trabalho nos Estados Unidos, enquanto o crescimento da economia no último trimestre de 2022 foi revisado para baixo na segunda leitura do governo.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 3 mil, para 192 mil em dado com ajuste sazonal, na semana encerrada em 18 de fevereiro, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. Economistas consultados pela Reuters previam 200 mil solicitações para a última semana.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano aumentou a uma taxa anualizada revisada de 2,7% no último trimestre, disse o governo em sua segunda estimativa da atividade do quarto trimestre. O valor foi revisado para baixo em relação à alta de 2,9% relatada no mês passado.

Compartilhe esta publicação: