Taxação das apostas esportivas deve gerar R$ 2 bilhões em 2024, diz Haddad

Estimativas anteriores da pasta apontavam para ganhos de até R$ 12 bilhões ao ano com a medida.

Fernando Haddad
Adriano Machado/Reuters

Haddad voltou a criticar o nível dos juros no país, argumentando que o governo paga 10% ao ano de juros reais e que “o país não aguenta mais”

Acessibilidade

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou nesta quinta-feira (20) que a proposta que será enviada pelo governo ao Congresso para regulamentar e taxar apostas esportivas deve gerar uma arrecadação de aproximadamente R$ 2 bilhões em 2024.

Estimativas anteriores da pasta apontavam para ganhos de até R$ 12 bilhões ao ano com a medida.

Leia também

Em entrevista a jornalistas no Rio de Janeiro, Haddad voltou a criticar o nível dos juros no país, argumentando que o governo paga 10% ao ano de juros reais e que “o país não aguenta mais”.


Conteúdo publicitário