Johnson & Johnson comprará empresa de dispositivos médicos por US$ 12,5 bilhões

O negócio avalia a Shockwave em cerca de US$ 13,1 bilhões e deve ser concluído até meados de 2024

Brendan McDermid/Reuters
Brendan McDermid/Reuters

A transação é a maior já feita pela J&J desde a aquisição da Abiomed

Acessibilidade

A Johnson & Johnson anunciou nesta sexta-feira (5) a compra da Shockwave Medical por US$ 12,5 bilhões, em um negócio que vai reforçar seu portfólio de dispositivos médicos usados no tratamento de doenças cardíacas.

A transação, a maior já feita pela J&J desde a aquisição da Abiomed, fabricante de bombas cardíacas, por US$ 16,6 bilhões, em 2022, dará à empresa acesso a um dispositivo médico que usa ondas de choque para quebrar placas calcificadas nos vasos sanguíneos, semelhante à forma como as pedras nos rins são tratadas.

Siga a Forbes no WhatsApp e receba as principais notícias sobre negócios, carreira, tecnologia e estilo de vida

A J&J ofereceu US$ 335 por ação em dinheiro, ou um prêmio de 17% sobre o preço de fechamento da ação no final de março, quando o Wall Street Journal informou que o conglomerado de saúde estava em negociações para comprar a empresa.

O negócio avalia a Shockwave em cerca de US$ 13,1 bilhões e deve ser concluído até meados de 2024, disseram as empresas.