14 celebridades norte-americanas self-made mais ricas de 2021

Juntas, essas mulheres detêm um patrimônio de US$ 10,3 bilhões .

Artur Nicoceli
Compartilhe esta publicação:
Forbes
Forbes

Metade da lista é composta por cantoras, como Rihanna, Madonna, Taylor Swift e Céline Dion

Acessibilidade


Os últimos 18 meses foram protagonizados pela crise da Covid-19 – os Estados Unidos tiveram seu primeiro caso confirmado em 21 de janeiro de 2020. Desde então, o país tem ocupado o primeiro lugar entre as regiões mais infectadas do mundo. Contudo, as celebridades self-made norte-americanas mais ricas conseguiram dar a volta por cima e engordar suas fortunas.

Entre os principais nomes self-made estão as apresentadoras de televisão Oprah Winfrey e Ellen DeGeneres, e as cantoras Madonna, Beyoncé e Taylor Swift. Juntas, as 14 mulheres possuem uma fortuna consolidada de US$ 10,3 bilhões.

Entre as novatas, está a cantora Dolly Parton, com US$ 350 milhões. Enquanto o setor de entretenimento se adaptava ao isolamento social, ela aproveitou o momento e lançou um single, um álbum de Natal e estrelou um filme da Netflix. Quem também apareceu na lista pela primeira vez foi a supermodelo e empreendedora Cindy Crawford, proprietária de 50% da companhia de cosméticos Meaningful Beauty e dona de um patrimônio estimado em US$ 225 milhões.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Outra celebridade que se aventurou no mundo da beleza e garantiu um lugar na lista de 2021 foi a cantora Rihanna. Com sua marca Fenty Beaty, a artista caribenha – que não lança disco desde 2016 – tem uma fortuna estimada em US$ 1,7 bilhão.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Veja, a seguir, as 14 celebridades que fazem parte da edição 2021 da lista das self-made norte-americanas mais ricas da Forbes:

  • Oprah Winfrey

    Patrimônio: US$ 2,7 bilhões
    Fonte: Televisão
    Posição na lista: 12a

    Oprah Winfrey fez a transição de seu talk show de sucesso, exibido por 25 anos, para um império de mídia e negócios. A ex-âncora transformou os lucros reinvestidos de seu programa em US$ 2 bilhões, de acordo com estimativas da Forbes. Em 2011, Oprah lançou o canal a cabo OWN. Seus 25,5% da rede valem mais de US$ 65 milhões. Em março de 2020, ela passou a fazer parte da Apple TV + em um programa de entrevistas sobre a Covid-19.

    GettyImages
  • Rihanna

    Patrimônio: US$ 1,7 bilhão
    Fonte: Música
    Posição na lista: 16a

    Rihanna agora é bilionária graças ao sucesso da sua linha de cosméticos Fenty Beauty, que gerou mais de US$ 550 milhões em receita em 2020. Ela também tem uma participação de 30% na linha de lingerie Savage x Fenty, que foi avaliada de US$ 1 bilhão em fevereiro.

    Charles Platiau/GettyImages
  • Kim Kardashian

    Patrimônio: US$ 1,2 bilhão
    Fonte: Cosméticos
    Posição na lista: 24a

    A rainha das redes sociais, Kim Kardashian, transformou os reality shows em uma fortuna real, vendendo jogo para celular, cosméticos e, agora, maquiagem. A maior parte de sua riqueza vem da empresa de cosméticos e fragrâncias KKW Beauty. Em 2020, ela vendeu 20% da empresa para a Coty por US$ 200 milhões. Kim lançou a marca de shapewear Skims em 2019 – a Forbes estima que sua participação vale pelo menos US$ 375 milhões.

    GettyImages
  • Kylie Jenner

    Patrimônio: US$ 600 milhões
    Fonte: Cosméticos
    Posição na lista: 51a

    A estrela de reality show vendeu 51% da Kylie Cosmetics para a Coty em janeiro de 2019 por US$ 600 milhões, dos quais embolsou US$ 540 milhões, antes do desconto de impostos. Documentos mais tarde mostraram que o negócio era muito menor do que a família alegou durante anos, levando-a a perder seu título de bilionária. A receita da Kylie Cosmetics foi reduzida em 2020 devido à pandemia e ao rompimento com seu antigo fabricante. Uma das estrelas do reality “Keeping Up With The Kardashian”, ela continua encarregada dos esforços criativos e de marketing da empresa.

    AxelleBuer/GettyImages
  • Madonna (empatado)

    Patrimônio: US$ 550 milhões
    Fonte: Música
    Posição na lista: 58a

    Uma das maiores divas pop de todos os tempos, Madonna arrecadou cerca de US$ 1,2 bilhão na estrada ao longo de sua carreira. A música “The Material Girl” foi responsável por influenciar um grande número de artistas, de Britney Spears a Shakira e Lady Gaga. Seu novo álbum, ‘Madame X’, que tem lançamento previsto para junho, é seu 14º disco de estúdio. A turnê Madame X, um evento de proporções bem menores do que a estrela está acostumada, começa em setembro em Nova York.

    GettyImages
  • Taylor Swift (empatado)

    Patrimônio: US$ 550 milhões
    Fonte: Música
    Posição na lista: 58a

    Taylor Swift lançou o álbum “Lover” em 2019, o primeiro do seu novo contrato com a Universal. Em julho de 2020, divulgou “Folklore”, escrito e produzido inteiramente durante a quarentena. Foi o primeiro álbum do ano a vender 1 milhão de unidades. Após o surto de Covid-19, Taylor cancelou todas as datas da turnê de 2020, com planos de reagendar algumas para 2021.

    KevinWinter/GettyImages
  • Céline Dion (empatado)

    Patrimônio: US$ 460 milhões
    Fonte: Música
    Posição na lista: 69a

    A superstar canadense ganhou a maior parte de sua fortuna com residências fixas em Las Vegas. Céline vendeu mais de 220 milhões de álbuns em todo o mundo ao longo de sua carreira. A “Courage World Tour” estreou na cidade de Québec em setembro de 2019 e esgotou todas as 52 datas na América do Norte. A perna europeia da turnê foi adiada em abril de 2020 devido ao surto de coronavírus e foi reprogramada para 2023.

    GettyImages
  • Judy Sheindlin (empatado)

    Patrimônio: US$ 460 milhões
    Fonte: Televisão
    Posição na lista: 69a

    Em 2020, a juíza Judy anunciou que estava deixando seu talk show diurno após 25 anos no ar. Sua nova série “Judy Justice” será transmitida exclusivamente na TV IMDb, da Amazon, tornando-se a primeira série de tribunal em um serviço de streaming. Desde 2012 até o ano passado, Judy ganhava US$ 47 milhões por ano, antes dos impostos, pelo programa. Em 2017, a CBS comprou os episódios por cerca de US$ 100 milhões. Ela também foi responsável pela criação da série de sucesso “Hot Bench”, em 2014, e ainda atua como produtora.

    GettyImages
  • Beyoncé

    Patrimônio: US$ 440 milhões
    Fonte: Música
    Posição na lista: 73a

    A turnê “On The Run II”, da diva pop com o marido, o rapper Jay-Z, em 2018, arrecadou cerca de US$ 5 milhões por noite, contabilizando um total de mais de US$ 250 milhões. Em abril de 2019, a pop star lançou “Homecoming”, um álbum ao vivo e um especial da Netflix – com o mesmo nome – sobre sua performance inovadora em 2018 no Coachella. No mesmo mês, Beyoncé anunciou uma nova parceria com a Adidas para relançar sua linha de roupas Ivy Park. A artista surgiu como vocalista do grupo feminino Destiny’s Child.

    GettyImages
  • Barbra Streisand

    Patrimônio: US$ 415 milhões
    Fonte: Música
    Posição na lista: 76a

    Em suas muitas décadas como atriz e cantora, Barbra Streisand foi homenageada com prêmios Grammy, Emmy, Oscar e Tony. Streisand é a única artista na história a ter um álbum em primeiro lugar por seis décadas consecutivas. Seus shows arrecadaram centenas de milhões de dólares. Fontes acreditam que seu complexo em Malibu, supostamente comprado por menos de US$ 20 milhões, pode valer aproximadamente US$ 80 milhões atualmente.

    RichFury
  • Ellen DeGeneres

    Patrimônio: US$ 415 milhões
    Fonte: Televisão
    Posição na lista: 82a

    Depois de começar como comediante de stand-up, Ellen DeGeneres ganhou fama quando seu programa de comédia “Ellen” estreou na televisão, em 1994. Nove anos depois, seu talk show diurno foi ao ar pela primeira vez, tornando a apresentadora uma personalidade popular. Além do cheque de oito dígitos que recebe por apresentar o programa, Elle ganhou milhões a mais produzindo programas como “Little Big Shots”. Em 2021, anunciou que encerraria seu programa – com a 19ª temporada – depois de várias reportagens que relataram o ambiente de trabalho do programa como tóxico. Desde que se assumiu como lésbica em 1997, Ellen tem sido uma importante ativista da comunidade LGTBQIA+.

    GettyImages
  • Dolly Parton

    Patrimônio: US$ 350 milhões
    Fonte: Música
    Posição na lista: 86a

    Mais conhecida por suas composições e sucessos country, Dolly Parton tem a maior parte de sua fortuna creditada à sua participação no parque temático Dollywood. Ela investiu no Pigeon Forge, no Tennessee, em 1986, e mudou o nome, expandindo o complexo com um hotel e um parque aquático. A artista possui um catálogo com mais de 3.000 canções, incluindo “I Will Always Love You” e “9 to 5”, avaliado em cerca de US$ 150 milhões. Sua música lhe rendeu 11 prêmios Grammy e 50 indicações, bem como 13 prêmios de música country. Graças a uma doação de US$ 1 milhão, ela ajudou a financiar a pesquisa por trás da vacina Moderna Covid-19.

    GettyImages
  • Serena Williams

    Patrimônio: US$ 240 milhões
    Fonte: Esporte
    Posição na lista: 98a

    A estrela do tênis tem quase 20 parceiros corporativos, e seu prêmio de US$ 94 milhões em é o dobro do que qualquer outra atleta feminina já ganhou. Serena investiu em mais de 50 startups nos últimos sete anos por meio da Serena Ventures e faz parte do conselho da Poshmark e da controladora da SurveyMonkey. A tenista esteve, ainda, entre os investidores da plataforma Bitski, de NFT, em uma rodada de financiamento anunciada em maio de 2021. Em abril, ela assinou um contrato inicial de TV com a Amazon Studios, que inclui uma série de documentários sobre sua vida. A atleta também lançou uma linha de roupas, S by Serena, em 2018, e possui uma participação estimada de 0,5% no Miami Dolphins.

    GettyImages
  • Cindy Crawford

    Patrimônio: US$ 225 milhões
    Fonte: Cosméticos
    Posição na lista: 100a

    Cindy Crawford se tornou um nome familiar na década de 1980 como uma supermodelo. Ela já foi capa de mais de 1.000 revistas, desfilou para as principais grifes e foi o rosto de marcas como Pepsi e Revlon. Em 2004, Cindy cofundou a linha de cuidados com a pele anti-envelhecimento Significativa Beleza. Ela possui metade da empresa, que cresceu para mais de US$ 100 milhões em receita anual. Em junho de 2021, lançou uma linha de tratamento para o cabelo.

    GettyImages

Oprah Winfrey

Patrimônio: US$ 2,7 bilhões
Fonte: Televisão
Posição na lista: 12a

Oprah Winfrey fez a transição de seu talk show de sucesso, exibido por 25 anos, para um império de mídia e negócios. A ex-âncora transformou os lucros reinvestidos de seu programa em US$ 2 bilhões, de acordo com estimativas da Forbes. Em 2011, Oprah lançou o canal a cabo OWN. Seus 25,5% da rede valem mais de US$ 65 milhões. Em março de 2020, ela passou a fazer parte da Apple TV + em um programa de entrevistas sobre a Covid-19.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: