Lygia Fagundes Telles morreu com 103 anos e não 98, como se pensava

O ano de nascimento na identidade da escritora é 1918 e não 1923. Genealogista fez a descoberta ao analisar certidão de casamento da escritora .

Redação
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Lygia Fagundes Telles nasceu 5 anos antes do que era divulgado por ela e também pelo site da Academia Brasileira de Letras 

Acessibilidade


Uma descoberta sobre Lygia Fagundes Telles surpreendeu até mesmo a ABL (Academia Brasileira de Letras). O genealogista Daniel Taddone publicou fotos da certidão de casamento de Lygia com o primeiro marido Goffredo Teixeira da Silva Telles, nas redes sociais. Sua data de nascimento era 19 de abril de 1918, e não 1923 como era divulgado amplamente, até mesmo pelo site da ABL.

LEIA TAMBÉM: Relembre frases de Lygia Fagundes Telles, uma das maiores expoentes da literatura popular brasileira

A ABL, em nota, disse que segundo os dados fornecidos pela autora, o ano de nascimento consta como 1923. Eles não receberam a certidão de óbito.

Taddone afirmou que Lygia foi registrada no cartório de Santa Cecília, em São Paulo, aos 4 dias de idade. Ela se casou com o primeiro marido dois dias antes de completar 29 anos, em 1947. “A pesquisa genealógica muitas vezes revela dados e fatos escondidos há décadas. A análise dos registros de fonte primária pode desafiar nossas crenças”, disse Taddone em seu post.

 

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: