Apple usará processadores próprios em linha de Macs

Empresa também anunciou um sistema para permitir que donos de iPhone desbloqueiem e liguem o carro com o celular .

Redação
Compartilhe esta publicação:
 Roy Rochlin/Getty Images
Roy Rochlin/Getty Images

Tim Cook, presidente-executivo da Apple: “O início de uma nova era”

Acessibilidade


A Apple anunciou hoje (22) que vai usar seus próprios chips nos computadores Mac, dizendo que as primeiras máquinas serão lançadas neste ano, encerrando uma dependência de quase 15 anos da Intel para fornecer processadores para seus principais notebooks e computadores de mesa.

O presidente-executivo da Apple, Tim Cook, disse que isso marca o início de uma nova era importante para uma linha de produtos que impulsionou a ascensão da empresa nos anos 1980 e seu ressurgimento no final dos anos 1990.

LEIA MAIS: Tim Cook anuncia programa de US$ 100 milhões da Apple para justiça social

“O silício está no coração do nosso hardware”, disse Cook em discurso gravado na sede da empresa em Cupertino, Califórnia, para sua conferência anual de desenvolvedores. “Ter uma equipe de design de silício de classe mundial é uma virada no jogo”.

A mudança para o silício alinha o Mac ao iPhone e ao iPad, que já usam chips desenvolvidos pela Apple. Cook disse que a companhia espera que a transição do Mac demore cerca de dois anos e que a Apple ainda tenha alguns computadores baseados em processadores da Intel que serão compatíveis por “muitos anos”.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Apple adicionou novos recursos de privacidade, dizendo que permitiria que usuários compartilhassem sua localização aproximada com os desenvolvedores de aplicativos e que exigiria que eles tivessem permissão dos usuários antes de compartilhar seus dados com outros aplicativos e sites. A empresa também disse que exigiria que um aviso de privacidade e segurança fosse exibido aos usuários antes que eles baixassem aplicativos.

Siga todas as novidades da Forbes Insider no Telegram

A empresa também anunciou um sistema para permitir que donos de iPhone desbloqueiem e liguem o carro com o celular.

O novo sistema, que permite que os usuários compartilhem as chaves digitais dos carros com amigos e familiares por meio do sistema iMessage, funcionará com os veículos 5 Series da BMW que serão enviados no próximo mês, disse a Apple.

A novidade funcionará com smartphones executando o sistema operacional iOS 13, para que os clientes possam começar a usá-lo assim que os veículos da BMW chegarem. A Apple disse que mais carros que usarão o sistema chegarão ao mercado no próximo ano.

A Apple também atualizou seu aplicativo de mapas com informações sobre estações de carregamento de bateria de veículos elétricos, trabalhando com a BMW e a Ford para mostrar estações compatíveis com o veículo do usuário. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: