Estreia da CyberLabs, Natura investe em cheiro digital, BRF, Paulo Veras, Gerdau, Neo Química, Magalu & Mais

Arte sobre foto/ Getty Images

CyberLabs estreia com investimento de R$ 5 milhões

A startup de inteligência artificial CyberLabs saiu do modo stealth e anunciou sua chegada ao mundo, junto com um investimento da Redpoint eventures de US$ 5 milhões. A empresa é o atual projeto de Marcelo Sales, cofundador da Movile e fundador da aceleradora 21212. Com o aporte, a empresa vai impulsionar ofertas como o aplicativo KeyApp, que usa reconhecimento facial para acesso sem contato a escritórios, condomínios e transporte. Ainda neste inverno, a CyberLabs planeja apresentar uma tecnologia de acesso ainda mais sofisticada para empresas, que usará uma combinação de tablets, câmeras com sensores de temperatura e o KeyApp para validar a identidade das pessoas e fornecer acesso sem contato por meio de reconhecimento facial. Segundo a empresa, o algoritmo utilizado na solução foi treinado por machine learning considerando a diversidade racial presente no Brasil.

Siga todas as novidades da Forbes Insider no Telegram

****
Paketá anuncia parceria com a AXA

A fintech Paketá, de crédito consignado, fechou uma nova parceria para tornar sua oferta mais atrativa. Um novo contrato, revelado com exclusividade para esta coluna, foi fechado com a gigante de seguros AXA. No serviço da startup de Fabian Valverde, o valor da prestação é descontado no contracheque dos funcionários CLT – a parceria com a seguradora visa trazer mais segurança para o tomador no momento da contratação do empréstimo, com uma proteção financeira que cobre invalidez, desemprego involuntário e óbito. A Paketá planeja emprestar R$ 1 bilhão nos próximos cinco anos e vai incluir a proteção financeira da AXA em todas as transações.

****
Natura investe em tecnologia de cheiro digital

A Natura está apostando em dispositivos de “cheiro digital”. A inovação tecnológica permite a experimentação de diversas fragrâncias de uma forma única. Desenvolvida pela startup Noar, com experiência olfativa prototipada em conjunto com a área de pesquisa e desenvolvimento da gigante brasileira de cosméticos e investimento da empresa de embalagens de vidro Wheaton, a novidade permite que consumidores possam apreciar os perfumes a partir de aparelhos como celulares e tablets, podendo diminuir a necessidade de testadores e outras formas de amostragem no ponto de venda. O primeiro produto com a novidade será o MultiScent 20, um demonstrador digital de fragrâncias – em formato de tablet – controlado por um aplicativo. O aparelho permite experimentar até 20 fragrâncias diferentes, substituindo cada refil após 100 disparos. O acesso ao catálogo é feito por meio do escaneamento do QR Code que fica localizado no aparelho. A Natura será a primeira empresa a usar a inovação em seus canais de venda. O MultiScent 20 deverá chegar ao varejo e para as consultoras de beleza até o final do ano.

VEJA TAMBÉM: Com receita bruta superior a US$ 10 bilhões, Natura revoluciona a venda direta

****
Divulgação
Buser inaugura novo ponto de embarque

A Buser, startup de mobilidade de São José dos Campos (SP), segue desenvolvendo o negócio. A empresa de Marcelo Abritta, que permite o fretamento colaborativo de ônibus, abriu um novo ponto de embarque no Shopping Eldorado, na capital paulistana. A startup retomou suas atividades em junho depois de mais de dois meses com a operação completamente paralisada para conter a disseminação do novo coronavírus, em março.

LEIA TAMBÉM: Marcelo Abritta, da Buser: “Minha maior preocupação é com a vida dos clientes”

****
BRF formaliza parceria com empresa de Israel

A companhia de alimentos BRF ampliou sua conexão com o ecossistema de inovação aberta em nível internacional com a formalização de uma parceria com a empresa israelense Ibi-Tech. Com isso, a companhia passa a ter contato direto com o ambiente empreendedor do país do Oriente Médio, considerado um dos principais polos de inovação tecnológica do mundo, principalmente para os setores de alimentos e agronegócios. Tudo será feito por meio do brfHub, programa de relacionamento da BRF com o ecossistema de inovação aberta no Brasil e no exterior, que desde 2016 estimula parcerias que criem inteligência e agilidade na geração de novos negócios e soluções competitivas.

****
101cats/getty images
Vet Smart vai anunciar novidades em evento para veterinários

O Vet Smart, ferramenta tecnológica do mercado veterinário que oferece soluções e informações sobre o tema para estudantes e profissionais, ai anunciar, durante o evento virtual Vet Smart Day, no próximo dia 5 de setembro, as novidades tecnológicas e inteligentes que estão sendo integradas à plataforma, que já conta com 1,5 milhão de usuários ativos e uma média mensal de 4,6 milhões de acessos. Entre elas, estarão ferramentas de gestão para o setor e prescrição automatizada. Na ocasião, a empresa também apresentará o projeto Arca de Noé, desenvolvido em parceria com a Petlove para apoiar clínicas veterinárias e petshops de bairro durante o período de pandemia do novo coronavírus. O projeto permite a negócios offline de todo o Brasil venderem seus produtos por meio da Petlove, graças à criação de sites de vendas integrados à plataforma da marca.

****
EMBRAPII alcança marca de 1.000 projetos

A EMBRAPII (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial) acaba de atingir a marca de 1 mil projetos que unem indústria e pesquisa no desenvolvimento de novas tecnologias que atendam às demandas de mercado, praticamente um projeto contratado a cada dois dias. Em seis anos de atuação, já somou mais de R$ 1,5 bilhão em investimentos, sendo aproximadamente 50% dos recursos oriundos do setor empresarial, o que representa um total de R$ 750 milhões de recursos privados aportados em inovação nacional. O milésimo projeto é da empresa Agrivalle e consiste na otimização de um processo biotecnológico para o aumento da produção microbiana de duas bactérias para seu posterior uso, seja como fertilizante ou para o controle biológico de culturas agrícolas.

****
Divulgação
Paulo Veras conta a história da 99 em livro

Hoje (26), o empreendedor Paulo Veras lança pela Companhia das Letras um livro sobre a história da 99, empresa de mobilidade que cofundou e vendeu em 2018, gerando a primeira startup brasileira com valor de mercado acima de US$ 1 bilhão. O volume, “Unicórnio Verde-Amarelo”, será lançado em uma live transmitida pelo Cubo com a cohead do centro, Renata Zanuto, logo mais, às 19h. Outra live, com os outros cofundadores Ariel Lambrecht e Renato Freitas, deve acontecer em 3 de setembro e detalhes serão ser divulgados em breve. A tour virtual de lançamento do livro deve ser concluída com um evento virtual para a comunidade Endeavor, com Camila Junqueira, em 9 de setembro. As vendas do e-book já tiveram início na Amazon e o livro impresso estará disponível na semana que vem, através de sites como Submarino e Americanas.com.

****
Gerdau lança aceleradora de startups

A Gerdau lançou ontem (25) sua aceleradora Ventures Gerdau. A iniciativa de inovação aberta vai apoiar o empreendedorismo na indústria da construção civil, com soluções que promovam a digitalização e a inserção de tecnologia disruptiva no setor. Segundo Juliano Prado, que ingressou na empresa no mês passado como vice-presidente de um novo braço de novos negócios, a Gerdau Next, a ideia da aceleradora é “desenvolver novos parceiros externos, oferecendo oportunidades de experimentação, mentoria, consultoria e investimentos”. Startups de todos os estágios de desenvolvimento serão aceitas e as interessadas em participar da primeira leva de aceleradas devem se inscrever até 30 de setembro pelo site da iniciativa.

****
Visa registra alta em compras e gastos online no Brasil

Números divulgados pela Visa sobre a atividade no comércio eletrônico entre janeiro e junho de 2020 mostram um aumento não só no número de compras na internet mas também no gasto dos brasileiros online. Segundo a empresa, houve um aumento de 11% no número de transações Visa no e-commerce, crescendo também o tíquete médio dessas transações em 12%.

****
Divulgação
Neo Química seleciona seis negócios sociais voltados à longevidade

A Neo Acelera, aceleradora de impacto social da Neo Química, acaba de selecionar seis negócios sociais voltados à longevidade. O programa tem o propósito de ajudar a garantir o direito à saúde de todo brasileiro, por meio da promoção de relações potentes que auxiliem, acelerem e potencializem o setor no Brasil. Neste ano, serão acelerados negócios que já geram impacto social positivo para seus beneficiários e têm potencial de ganhar escala: ISGAME (SP), Mais Vivida (SP), Divas Dance (DF), Activa Cuidadores (DF), Sênior Geek (RN) e Dr. Pocket (SC). As empresas foram selecionadas entre 441 negócios inscritos no programa, que está em sua segunda edição e foi desenvolvido em parceria com a unidade de inovação corporativa da Yunus Negócios Sociais, com apoio da Pipe.Social e da consultoria Hype60+.

****
Proptech facilita compra de lotes residenciais

O mercado de loteamentos está em crescimento no Brasil. Apenas no Estado de São Paulo são licenciados, aproximadamente, 150 mil lotes todos os anos. E, segundo estudo da Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil (ADIT Brasil), os residenciais são os preferidos dos interessados em investir nesse setor, com 80% do total. A InstaCasa, proptech que permite que potenciais compradores visualizem uma grande variedade de projetos de arquitetura para implantação em cada lote no lançamento do empreendimento, viu seus números crescerem e, desde março, já atendeu mais de 9 mil novos unidades em sua plataforma, que funciona como o “decorado do lote”. De janeiro a julho, a empresa praticamente dobrou a quantidade de novos empreendimentos atendidos e acaba de lançar a solução de tour virtual, que torna possível “visitar” o empreendimento digitalmente e conhecer os lotes antes de tomar a decisão de compra.

****
PL que propõe uso de vale transporte para pagar apps ganha apoio

Um projeto de lei que, se sancionado pela presidência, deverá permitir o uso do vale-transporte para pagar aplicativos como o Uber, Cabify e 99, tem ganhado apoio. A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste) apoia a proposta, argumentando que o projeto da senadora Rose de Freitas (Podemos-ES) é uma forma de minimizar o risco de contágio do novo coronavírus em um cenário de retorno das atividades de empresas em escritórios e “benéfica para a retomada da economia”. Em seu projeto, a senadora argumenta que a lei poderia também gerar trabalho e renda aos motoristas que operam com aplicativos. Sobre um possível aumento de custos de transporte para empregadores, a PL propõe uma negociação dos valores a serem pagos com as empresas gestoras dos apps.

****
Divulgação
Magalu faz sua quinta aquisição no ano com a startup Stoq

O Magalu anunciou, na segunda-feira (26), a aquisição da startup Stoq, que chega para, entre outras coisas, oferecer ferramentas de atendimento intuitivo para pequenos e médios varejistas. A startup tem sede em São Carlos e, agora, passa a integrar o Luizalabs. Esta é a quinta aquisição tecnológica do Magalu no ano – a empresa já adquiriu a Estante Virtual, Hubsales, Inloco Media e o portal Canaltech. Com a aquisição, a Stoq passa a integrar o Magalu as a Service (MaaS) e a oferecer ferramentas para complementar o Parceiro Magalu, levando digitalização para as lojas físicas desses pequenos e médios negócios. A startup vai possibilitar, por exemplo, que pequenos varejos e prestadores de serviço aceitem em suas lojas físicas pagamentos com a carteira digital do Magalu, o Magalu Pay. Além disso, a Stoq permite que o Magalu passe a digitalizar empresas de diferentes categorias, como restaurantes, estabelecimentos de saúde e beleza e supermercados.

****
Appzinho registra aumento durante isolamento social

Nos primeiros meses do isolamento social, o Appzinho, site de aluguel de quartos e apartamentos no Rio de Janeiro, identificou um crescimento significativo no número de pessoas que procuram um novo espaço, com o objetivo de reduzir custos. Segundo dados divulgados pela CEO, Daniela Pereira, em junho, por exemplo, foram 1.200 novos clientes cadastrados no site, além de 500 ofertas ativas com taxa crescente de aprovação e uma média de acesso de aproximadamente 47 mil usuários. Já em relação aos números de buscas, o segundo trimestre de 2020 apontou um crescimento ainda mais expressivo: 141 mil em abril, o que corresponde a 83% de aumento sobre o mês de março, período em que o país entrava na quarentena; 35% de aumento em maio comparado ao mês anterior; e 342 mil somente no mês de junho, o que reflete uma alta de 79% em relação a maio.

****
Apps de saúde e esportes crescem no Brasil

Instalações de aplicativos de saúde e esportes registraram crescimento no início da pandemia no Brasil, com um avanço de 67% entre março e o começo de abril, em relação à média nos meses iniciais de 2020 pré-pandemia. Porém, o engajamento, ou seja, as sessões realizadas pelos apps, demoraram a ocorrer, segundo um estudo da plataforma de marketing para apps Adjust com apoio da plataforma de benefício corporativo de bem-estar Gympass. O número de brasileiros que baixaram este tipo de aplicativo aumentou ainda mais desde o final de abril até meados de maio, com um aumento de 73% nesse período em relação à média de janeiro e fevereiro de 2020. Em maio, as sessões passaram a ser notadas logo após as instalações: neste quesito, de engajamento, maio trouxe um avanço de 96%. Segundo o estudo, houve um incremento notável em instalações de apps de saúde e esportes na América Latina em termos gerais no final de março e novamente ao longo de maio, com crescimento de 145% acima da média pré-pandemia. As sessões aumentaram em maio, com o crescimento chegando a 75%. Houve um declínio nas sessões em julho em relação aos primeiros dois meses de 2020, mas ainda houve alta (23%). Em relação às instalações de apps de saúde e esportes em julho de 2019, no entanto, houve uma alta de 91% no mês passado.

LEIA MAIS: O futuro dos esportes: modelos híbridos para esportistas, atletas e times

****
Plataforma que compara preços de supermercados cresce 900%

Em uma cidade tão grande e cheia de opções como São Paulo, fazer compras de supermercado se torna algo complexo. Alguns se acomodam nos estabelecimentos mais próximos de casa, enquanto outros passam horas tentando entender quais as melhores ofertas por região. Pensando nisso, quatro jovens amigos de Brasília, recém-chegados à cidade, criaram a Etanto, plataforma que compara preços e indica o estabelecimento com a lista de compras mais barata, oferecendo uma economia média de 20% para os usuários. A tecnologia, que surgiu em 2019, teve R$ 150 mil de investimento inicial e já participou de um programa de aceleração do Founder Institute, aceleradora de startups do Vale do Silício que tem um programa no Brasil. “Com a pandemia, tivemos um crescimento de mais de 900%. Para esse segundo semestre de 2020, nosso principal objetivo é trazer mais redes de supermercados e lançar outras funcionalidades para nossos usuários e parceiros”, diz o CEO Francisco Frantz. Atualmente, o serviço está disponível em Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre e São Paulo.

****
GRI Club lança plataforma online de negócios imobiliários B2B

O GRI Club, grupo nascido na Inglaterra e liderado pelo brasileiro Gustavo Favaron, anunciou a criação de uma plataforma que funciona como uma espécie de Tinder imobiliário, conectando pessoas com interesses em comum no setor e viabilizando negociações e encontros virtuais. Trata-se de uma mistura de inteligência artificial, algoritmos e uma plataforma com foco no B2B para unir investidores institucionais, imobiliárias e incorporadoras. Por meio dela, empresários se reúnem para debater investimentos, negociar e trocar experiências. Entre os membros, há integrantes de fundos soberanos, como GIC e ADIA, fundos de pensão, entre eles o CPPIB, e grandes empresas de capital privado, como Blackstone e Brookfield.

LEIA MAIS: Gustavo Favaron, CEO do GRI Group, fala sobre eventos online na pandemia: “A crise democratizou o networking”

****
SAS muda de comando e adota modelo de coCEO

A empresa de data analytics SAS anunciou André Novo e Luiz Riscado como os líderes da operação Brasil. A adoção do modelo de coCEOs segue a saída do então country manager Cássio Pantaleoni, que liderou a subsidiária brasileira da empresa nos últimos três anos, para se dedicar a projetos pessoais. Riscado e Novo são veteranos do SAS, com mais de uma década ocupando cargos sêniores na empresa. Ambos se reportarão a Marvio Portela, vice-presidente executivo do SAS para a América Latina.

****
Transforma Brasil lança programa de educação e geração de renda

O Transforma Brasil, movimento que tem como objetivo estimular o voluntariado e o engajamento cívico no país, lança, na sexta-feira (28), Dia do Voluntariado, o programa Educar Transforma, iniciativa para geração de emprego e renda que deve receber aporte de R$ 25 milhões do Fundo Emergencial Transforma Brasil e de parceiros da organização. O fundo foi criado no início da pandemia com o objetivo de mitigar os impactos da crise em comunidades vulneráveis. Na primeira fase, o movimento arrecadou mais de R$ 31 milhões, que foram destinados para ações de assistencialismo. Agora, nessa segunda etapa, o foco é promover um programa educacional que fomente o desenvolvimento econômico e social, já que durante a crise provocada pelo Covid-19 cerca de 8 milhões de vagas de emprego foram fechadas em todo o país. O programa visa a geração de renda através da empregabilidade, empreendedorismo social e micro empreendedorismo e, para isso, será desenvolvido em três pilares: capacitação (qualificação com conteúdo digital), incubação (mentoria e acompanhamento com projetos e iniciativas sociais) e aceleração (acesso a recursos financeiros e materiais).

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).