Atari aposta em criptomoeda antes da divulgação de seu mais novo console

Robee Shepherd/Getty Images
Robee Shepherd/Getty Images

Atari inicia no mercado de criptomoeda com venda de US$ 1 milhão em Atari Token

Semanas antes de anunciar um novo console em mais de duas décadas, a Atari está se preparando para dominar o mercado cripto na indústria de videogames com a venda de US$ 1 milhão em Atari Token, na esperança de que a moeda se torne padrão em todo o setor.

Os tokens estarão disponíveis a partir de 29 de outubro na Bitcoin.com Exchange a US$ 0,25 cada para investidores de varejo fora dos Estados Unidos. O novo sistema poderá ser usado, ​​inicialmente, para compras nos jogos e para jogos em rede, bem como no ecossistema mais amplo de produtos da empresa, como o Pong.

LEIA MAIS: Setor financeiro e governos mostram profundo ceticismo sobre criptomoedas, diz pesquisa

Enquanto isso, o tão esperado Atari VCS, com lançamento previsto para novembro, terá conectividade com a internet, permitindo aos jogadores comprar produtos usando o Atari Token.

Segundo a “Bloomberg”, a empresa também está desenvolvendo um stablecoin para jogos, que seria menos volátil do que a maioria dos tokens. No entanto, segundo a reportagem, isso ainda deve levar algum tempo.

Apesar de ter sido pioneira na indústria de games, a Atari sofreu forte baixa nos últimos anos – chegando à beira da falência – em função de concorrentes que agora dominam a indústria, como o PlayStation, da Sony, e o Xbox, da Microsoft. O lançamento do próximo console e da criptomoeda são parte dos esforços da empresa em permanecer relevante e restaurar parte de seu antigo prestígio.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).