Maior evento de tecnologia da Europa voltará a ser presencial em 2021

Web Summit será em Lisboa assim que a pandemia passar

Redação
Compartilhe esta publicação:
Pedro Nunes/Reuters
Pedro Nunes/Reuters

Paddy Cosgrave, fundador da Web Summit, durante a edição de 2019 do evento, em Lisboa

Acessibilidade


A maior conferência de tecnologia da Europa, o Web Summit, retornará a Lisboa com força total como um grande evento presencial em 2021, depois que a pandemia de coronavírus forçou o evento a ser realizado totalmente online este ano.

“O local está reservado”, disse o fundador da conferência, Paddy Cosgrave, hoje (25), em entrevista à Reuters. “Acho que em novembro [do ano que vem] o Web Summit acontecerá presencialmente e mal posso esperar.”

LEIA MAIS: Pandemia acelera transformação digital na China, Black Friday, Accenture, Neon & Muito Mais

Ontem (26) à noite, Cosgrave anunciou no Twitter que haverá um South American Web Summit em 2022 no Rio de Janeiro ou em Porto Alegre, no Brasil.

“O Brasil é um país absolutamente fantástico e próspero”, disse Cosgrave. “É uma boa ideia realizar todos os anos, antes do Web Summit de Lisboa em novembro, eventos em regiões-chave do mundo.”

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O evento, que se mudou de Dublin para a capital portuguesa em 2016, atrai cerca de 70 mil participantes todos os anos, com representantes de empresas de tecnologia globais, startups e líderes políticos.

Mas, devido à pandemia de coronavírus, o Web Summit deste ano será realizado online na próxima semana.

LEIA TAMBÉM: Pandemia impulsiona crescimento de startup de diagnóstico Hilab

O evento será capaz de receber 100 mil participantes online em sua própria plataforma de conferência e centenas de palestrantes participarão do evento, incluindo o chefe da Comissão Europeia e presidentes-executivos de grandes empresas, como a Zoom.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: